quarta-feira, dezembro 06, 2006

 

MANDALAS



Fotos de Julie70 http://www.flickr.com/photos/joyoflife/315082740/
http://www.flickr.com/photos/joyoflife/ Os monges tibetanos lançam as mandalas ao vento , depois de concluidas, em sinal de desapego. Em Janeiro, as iluminações natalicias são desmanchadas e deitadas fora,simbolizando apenas desperdicio.





Foi Jung quem chamou a atenção desses desenhos circulares quando estudava religião Oriental. Ele percebeu que seus clientes viam estas imagens circulares como "movimentos em direção a um crescimento psicológico, expressando a idéia de um refúgio seguro, de recociliação interna e inteireza". Para Jung as mandalas são vasos ou embarcações na qual projectamos nossa psique que retorna a nós como um caminho de restauração. Ele reconheceu que figuras arquetípicas (símbolos universais) de várias culturas podiam ser identificados nesta expressão espontânea do inconsciente. Os círculos são universalmente associados com meditação, cura e o sagrado que podem funcionar como chaves para os mistérios de nosso reino interior, que se usados para esta finalidade podem nos levar de encontro com os mistérios de nossa alma.

Comments:
Realmente a francesa é divina!! AS fotos que nos proporciona....são no seu todo magnificas!! Adorei o canto dela!! Bem haja e bem hajas tu tambem por te-la encontrado!!
 
Todos nós só temos a ganhar se aprendessemos a aceitar a ajuda que nos oferecem, bem como a oferecê-la aos outros.

Mandalas bonitas.
 
Desconhecia (é sempre a aprender por estes lados). São lindas. Beijitos.
 
Soberbas. Bjinho,
 
Magníficas. Bom dia e um beijinho.

Não gosto do Natal com férias no Brasil, idosos abandonados nos corredores dos hospitais, gente a dormir na rua.
 
merci, armando
Je ne comprends pas les autres:

pourquoi si on click sur les images, on n'arrive pas sur eux en flickr?

cela m'étonne un peu,

Image 1 etc, pas très difficile je crois...

Mon vidéo blog avec un juxe box vidéo et des images, est sur mon VidéoBlog nouvellement créé et les images en grand format sur Tranches de vie, mais je n'y mets qu'une à la fois,

ainsi, plusieurs les unes après les autres sont plus impressionnantes...
 
OK, eles podem ter a sua razão, mas eu era incapaz de deitar ao vento obras tão belas como as que eles fazem.
Há por aí tantos que se dizem artistas e vendem coisas carissimas, mas puramente horrorosas, e estes monges com mãos de ouro, deitam fora preciosidades daquelas feitas de areia colorida.

Enfim, são as contrariedades da vida.
Beijos.
 
As iluminações natalicias deitadas fora? Que exemplo é este?? Enfim!
Um beijinho grande para ti e bom fim de semana.
Adoro as fotos da Julie.
 
ARMANDO
AS FOTOS SÃO DIVINAS , COMO TU DIZES MAS OS TEXTOS NÃO LHE FICAM ATRÁS... ACHO Q ME VOU DAR AO CUIDADO DE OS TRADUZIR, PORQUE VALE A PENA
 
antonio

inconcicionalmente

e há ajudas que nos chegam , nem sabemos de onde, por onde ...mas ela chega até nós!
 
xica
são lindas as fotos das iluminações eas mandalas dos monges
 
amadis

é verdade!!!!!
 
PIANOLA

HÁ MESMO TANTA COISA QUE EU NAÕ GOSTO NO NATAL...TOMARA JÁ O 2 DE jANEIRO
 
pandora

os monges trabalham assim mesmo...com exercicios de desapego...por isso assopram a areia das mandalas ao vento!

beijinhos para ti
 
sorrisos

então em janeiro as iluminações não são desmanchadas e retiradas , quais mandalas que se lançam ao vento'
...
 
Que mandalas bonitas. Gosto muito de mandalas e do modo como os tibetanos as usam.
Fui visitar a amiga francesa e gostei, mas não lhe consegui deixar ndas escrito, pois o meu franciu é meio pré -histórico :))
jinhos patudos
Ana Paula
 
adorei as mandalas, e sao jogadas ao vento!!! Que desperdicio.
bjs
 
Sempre maravilhoso o passeio...(até a fuga para Janeiro me anima, não sou só eu). Muito aprendemos contigo, do desapego e infinita sabedoria destes monges. E obrigada também pelo lugar da Julie, um espantoso encantamento. Bjinhos, linda.
 
O conceito mais admirável de Jung é certamente o de inconsciente colectivo: ver uma criança na China, na Etiópia ou aqui em Portugal a dar gritinhos e a bater palmas quando vê o mar pela primeira vez, por exemplo, dá-nos uma sensação de pertença a algo maior, mais profundo. Amplia o nosso conceito d vida, de ser humano...
Beijinhos, bom feriado
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?