quarta-feira, novembro 22, 2006

 

As palavras que nunca te direi...



Há dias em que não há palavras . Para descrever a nossa vivência. O que vai dentro de nós, aquilo que ouvimos na boca de outros, os nossos sentires, o nosso desgosto, a nossa compaixão pelo outro Há palavras que não podem ser ditas, há conflitos que não podem manter-se. Mas vivem-se – interiormente.
Ela não gostou das palavras que lhe ouviu proferir, não gostou do timbre daquela voz, da intenção, do conteúdo. Mas não se podia envolver numa guerra de artilharia pesada, num diálogo de loucos, dominado pela agressividade daquele tom. Calou-se…Porque a sua mente ninguém a podia calar. Nem a força das ideias que brotavam. Como ninguém podia destruir o seu pensamento . Sentou-se tranquilamente no sofá, uniu com delicadeza as várias partes da camisola que estava a fazer para o Miguel, acabou o encaixe do pescoço , com aquele tom amarelo vivo , que tanto gostava, irradiando LUZ e AMOR.


Focou-se nesses tons, deixando-se envolver por eles . Retransmitiu-os , para que chegassem até onde tinham que ir , qual teia de fios entrelaçados que as agulhas iam desfiando até a camisola estar pronta.
Fora sempre assim. Em todos os grandes conflitos da sua vida , ela deixara a mente actuar, lançando as suas ideias para o Universo, focando-se nesse dom que possuía de fazer nascer nuvens de diversas cores dentro de si. Por vezes acercava-se de alguma árvore amiga ou de uma planta ou do seu cão. Por vezes ia até junto do mar. Por vezes subia a serra, metia-se pela floresta dentro…recebendo da Terra energias subtis, inexplicáveis, radiantes , de uma beleza indescritível… Deixava-se envolver por essas ondas , sedutoramente, calando tudo o resto à sua volta. E o problema resolvia-se…

Comments:
Que texto tão lindo. É de tua autoria?
As imagens também são muito apaziguadoras.
Beijitos
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
xica

bom dia em nuvens rosa de amanhecer...espero que o sol desponte com raios de luz bem fortes , para nos envolver a todos.

O texto e meu sim, apenas o titulo do post vem de um livro que li faz tempo...
um bom dia para ti
 
Resolvia-se?!
Sei que por vezes é duro e dificil manter, iniciar um dialogo... mas quando alguém se cala, cede vezes demais existe uma altura que o interior deixa de responder, que a mente livre se começa também a sentir aprisionada... as vezes é uma boa estratégia... mas sempre...

beijo doce.
 
DESASSOSSEGO

NAO SE TRATA DE NOS CALARMOS , DE NOS APAGARMOS FACE AO OUTRO; antes pelo contrario porque ha momentos em que as palanvras de nadfa servem. O poder da mente e muito superior a grandes discursos, a certos confrontos.Talvez nao esteja ao alcance de todos, como nem todos tem o dom para a cozinha ou para pintar ou escrever. Mas que ele existe em nos e pode ser desenvolvido , tb e facto. e que a visualizaçao criativa tem largas aplicaçoes ...tambem e inegavel , ate para certas curas de certas doenças ...
Um beijo para ti
 
Dou-te a minha mão. Vamos caminhar juntas. Vai ao Pitanga e lê o que deixou lá o Antonio Rosa. Divido-o contigo.

beijos e sol pra nós duas
 
Olá minha kida Green Tea,
é verdade, ele há palavras que nem sempre são o que parecem nem aquelas que gostariamos de ouvir.
É por isso que muitas vezes o silêncio vale ouro!
Lindo o teu post e as imagens...
Bjhs com sabor a Porto
 
As pessoas seriam tão melhores se reflectissem mais...
Beijo Grande
 
Vale a pena agirmos de acordo com a nossa natureza. Só depende de nós.

Carlos Amaral, médico, lama budista português e professor de meditação, acabou de publicar um livro, onde encontrei esta interessante frase: "A mente, mente."

Que te sintas melhor.
 
…as minhas saudações…
…ao fim de 3 anos de escritos, o meu blogue http://lobices.blogspot.com morreu;
…entendi que havia cumprido a sua “missão”…
…porém, ele deu lugar ao livro “Lobices”, uma compilação de tudo o que foi escrito ao longo destes meus últimos anos de vida…
…a vossa visita ao meu covil será sempre agradável e lá encontrarão o link para a aquisição do livro se esse gosto me quiserem dar…
…a minha (e)terna gratidão pelo vosso apoio e presença ao longo destes tempos…
…o vosso sempre amigo
quim
 
As fotos são deliciosas e o texto divinal. Porque será tão complicado olharmos o outro e dizer o que nos vai no coração pois dele só saem palavras de amor.
Adorei
Beijos
 
Que texto bonito minha amiga.
Gosto muito de vir aqui ao teu cantinho e poder descansar a mente e o olhar ao fim de um dia de trabalho, em coisas tão lindas.
beijinhos patudos para ti
Ana Paula
 
Bonita narrativa reflectindo os meandros da mente feminina.

Beijinhos grandes
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?