sábado, julho 15, 2006

 

O mundo numa cadeira

Sábio é quem monotoniza a existência, pois então cada pequeno incidente tem um previlégio de maravilha. Quem nunca sahiu de Lisboa viaja ao infinito no carro até Bemfica, e, se um dia vai a Cintra, sente que viajou até Marte.



O viajante que percorreu toda a terra não encontra de cinco mil milhas em deante novidade, porque encontra só coisas novas; outra vez a novidade, a velhice do eterno novo, mas o conceito abstracto de novidade ficou no mar com a segunda d’ellas.

Um homem pode, se tiver a verdadeira sabedoria, gosar o espectáculo inteiro do mundo numa cadeira, sem saber ler, sem falar com alguém, só com o uso dos sentidos e a alma não saber ser triste.

O Livro do Desassossego - por Bernardo Soares /Fernando Pessoa


Comments:
Ahhh! Pessoa é covardia! Tomei conhecimento dele aos quinze anos. O parágrafo em destaque é o mais legal de todos.

A seleção de fotos é linda. Mais uma vez, iluminando meu dia, greentea...
 
Ai senhor! pegou pesado hoje heim?
Quem não ama Fernando Pessoa?
comecei bem meu dia por aqui...
bjo!
 
Lapidar. Bjinho.
 
Muito bonito!
Mas ver mundo...é uma tentação!
E eu ando muito tentada, palavra...
Bjs
 
Bonito! Texto e iagens juntas fizeram-me viajar mesmo. Mas ctambém confesso k gosto de ver o mundo a "andar" por ele.

Beijos
 
Acabei de acordar e ler o seu post foi o meu melhor "bom dia". Precisava disso.
Seja bem vinda ao Som & Tom e volte sempre.
Abração
 
A foto dos pombos tirada na Correnteza está linda. E as outras também. Boa semana
 
Passei para te ler...

Fazia tempo que não vinha. Ainda estou às voltas com meu computador, mas enfim, agora estou com um novo e com tudo sendo instalado.

Li posts atrasados e parei no que fala da seleção brasileira... O comportamento do técnico é o exemplo típico do que move essa nação, no que diz respeito a administração dos ambitos estatais, nacionais e desportivos... Todos corruptos!!!

Os jogadores são tal qual como nós... Peças mandadas e quem não se deixar levar pelo rítmo, é convidado a sair... Sabemos que foram comprados, pois nada que seja dito poderá retirar de qualquer pessoa que tenha mais do que dois neurônios, que aquele idiota do parreira, não estava contando os minutos, belamente sentado e tapando a boca para falar com o outra múmia empalhada, que aquela palhaçada toda acabasse rapidamente e ele pudesse voltar para casa com as burras cheias de dinheiro... Repetiram a mesma dose da copa com a final com a França... E mérito para a França. Sem vergonha mesmo foi o nosso aqui, que nem se levantou do banquinho... Por essa razão é que nõ ceitavam o Felipão. Ele botva a boca e não fazia o que o mandavam fazer... Num tipo de estrelas e com o maior número delas e as mais bem pagas do mundo, acabaram todos tendo de ficar parados em campo, TODOS, por conta de algum acerto feito e que certamente se fosse descumprido pelos jogadores principais, seriam duramente punidos... Agora acaba de surgir aqui uma notícia sobre falcatruas e corrupção com os dirigentes da confederação... DANEM_SE... Nem futebol aqui dá prá ser levado à sério!!!

Trata-se mesmo de ATITUDE...
Há os que a possuem e não se vendem. E há os que mentem tê-la, para poderem vedê-la!!! E o pior é que cobram caro e há vagabundo pra tudo nessa vida, que paga!!!

Beijos!!!
Cris
 
Eu adoro os poemas do Fernando Pessoa! Lindo esse passeio virtual no seu país! Beijos da Ursa da floresta distante :))
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?