sábado, julho 22, 2006

 

estio

É estio mas verão. Apetece o campo até a quem não gosta dele.

Se eu fora outro, penso, este seria para mim um dia feliz, pois o sentiria sem pensar n'elle.Concluiria com uma alegria de antecipação o meu trabalho normal - aquele que me é monotonamente annormal todos os dias. Tomaria o carro para Benfica, com amigos combinados. Jantariamos em pleno fim de sol, entre hortas. A alegria em que estariamos seria parte da paisagem, e por todos, quantos nos vissem, reconhecida como de ali.
( O Livro do Desassossego -Bernardo Soares -2.7.1932 )

As cerejeiras eram a alegria da serra por altura das ceifas. Raro era o linhar e a horta que a seu tempo não ostentasse a rica vestimenta de rubis. Generosas e abundantes, comiam todos à farta, desde o rapazio aos pardais, que se pelam por elas. Mais bonito em Portugal só as laranjeiras. A rirem-se e oferecerem-se a toda a gente por cima das paredes e das demarcações, não podiam as cerejas deixar de atrair o olho lampeiro do Lêndeas, que imaginou explorá-las a bem da sua cupidez. ...(e) Teve para um ano de balcão... uma mixórdia enjoativa que os labregos, a emborcá-la, a revessarem em ânsias a cama das tripas.

Um tubo de borracha vinha sub-repticio, por detrás dos cascos, com a candonga abominável. E o freguês de rol estava com muita sorte se no cálix entrasse meia dose de bagaceira.

Assim enriquecera o tiborneiro. E sempre a coçar-se, e caspa e lendeas a cairem-lhe como granizo para a gola do casaco, e a dizer mal da porca da vida.

Quando os Lobos Uivam - Aquilino Ribeiro

Todas as fotos - ali e aqui.


Comments:
Oba, hoje eu cheguei primeiro, e como sempre, valeu a pena!
bom dia!!!
 
Guda morningue...

Pois é... se o Pessoa fosse hoje a Benfica não comeria entre hortas, comeria na mesma, mas rodeado de altaneiros edificios, sim, e como eu os conheço!
Não sou do tempo das hortas, mas assisti a grande parte do desenvolvimento de Benfica.
Foi lá que me fiz homem...

Kiss pour toi, até outro instante
 
Bonito este texto do Livro do Desassossego. Todas as frases têm um sentido tão profundo, como esta da tua escolha "Se eu fora outro, penso, este seria para mim um dia feliz, pois o sentiria sem pensar n'elle".
Impressionante, não é?
O texto complementar do Aquilino Ribeiro é muito bonito. Foi bom revisitá-lo depois de tantos anos!
Está a ser tão bom reler estes textos - seleccionados por outra pessoa.
É muito empático o que está a acontecer! E a Literatura e pelos vistos a Fotografia juntas fazem milagres.
Qual é a edição do teu Livro do Desassossego? A minha é a 5ªed., da Assírio e Alvim, Março de 2005. Pergunto isto porque pela grafia reflectida nos textos de tua escolha parece ser uma edição antiga. Já agora, de quando?
Sabes que até ao fim do ano vai sair uma nova de uma especialista em Fernando Pessoa?. Depois se interessar dar-te-ei pormenores dessa nova edição que, em breve, vai estar no prelo.
Beijos e um bom Sábado.
Vou andar por perto de ti num Safari fotográfico - hoje vamos «penar»!
:)
 
GREENTEA

LINDO TEXTO Y FOTOGRAFÍAS

TE DEJO MIS SALUDOS
BUEN FIN DE SEMANA

ADAL

SHALOM
 
Que belos textos que nos tens deixado.
Reli-os com deleite.
Páro.
Volto a lê-los. Fazem-me meditar. Olhar para dentro de mim.
Obrigada, minha amiga. Não sabes bem porquê te agradeço mas, crê, tens sido um bálsamo.
Do coração....um beijo*
 
Seu blog é um espetáculo!! Continua sendo...
 
Para a t.

A minha edição do Desassossego é 1982 da Ática, com prefácio e organização de Jacinto do Prado Coelho, mantendo a escripta original do autor

que eu às vezes mantenho , outras actualizo se não tenho muito tempo para transcrever.

Tb acho lindissimo este trabalho de pesquisa e partilha de textos e de procura de fotos tuas para enquadramento. Outro dia a arrumar livros encontrei Aquilino e acho que se vão dar bem um com o outro.

O safari deve ser óptimo embora seja "penoso" mas fico a aguardar pelas fotos de quem andou a "penar" pela Pena.

Beijos para ti
 
ovelha negra


ainda bem que assim é e q estes textos encontram eco


beijos para ti
 
Gostaria de poder participar como habitualmente nestes comentários mas, neste momento, é-me impossível!... Tudo de bom para ti!
 
Oh, que bonito... E isso é tudo Portugal? Que beleza! Ainda não estou cem por cento. ficarei.
 
tina,

tudo isto é Portugal, todas as fotos são da autoria da t. e estão linkadas para quem quizer ver mais - vale a pena pois lá estão identificados os locais.

As tuas melhoras . Um beijo para ti
 
santa,

obrigada. O teu também...

beijos
 
Oh, sim! Eu sei que é verão e apetece o campo até a quem gosta está tão longe dele. Penso nisso todos os dias. No cheiro das cerejas, dos pêssegos que enchiam a fruteira na casa da aldeia. Que saudade!
beijos Pitanga
 
Lindo este texto!!!
Lindas as imagens!!!

Bom fim de semana
Bjos
 
Eu acordo já pensando no que haverá de novo no seu blog.
Veja como tudo é interessante: não nos conhecemos, um oceano nos separa, mas, ainda assim, temos o mesmo e comun amor por PESSOA.
Você já faz parte das minhas pessoas necessárias.
Abração
 
A compreensão deste texto é difícil para mim como brasileira, mas tirei dele um entendimento e a percepção do seu grande valor literário. Bagaceira é um termo que quase nunca se usa aqui para cachaça e tem um livro famoso da literatura brasileira "A bagaceira" de José Lins do Rego onde o termo se refere as bagas da cana-de-açúcar e não ao termo como mais comumente é empregado que seria pessoa sem refinamento. Mixórdia é uma palavra bem rara para nós. É sempre um exemplo gramatical de livros didáticos no caso da colocação do x quando alguns jóvens vêm escrevendo s, ch, ç, ss tudo com x no coloquial da internet. Fenômeno!
Como é mesmo complicado tirar lucro da natureza sem destruí-la e sem que o homem destrua a si mesmo.
Alguns já se davam conta disso: autores sensíveis e geniais.

Beijos!
 
que hermoso los naranjos en verano siempre entregan belleza, el verano es maravilloso y el campo se llena de frutos, flores, todo es de color
gracias amiga por tus saludos, siempre con tanta ternura dejas algo lindo
un abrazo grande y que sea un bello fin de seman
besitos



besos y sueños
 
Bom domingo. bjinho.
 
passei por aqui e passeei nestes bonitos lugares num dia de Verão magnífico, maravilhoso...beijos
 
Vim te visitar com mais calma, logo agora de manhã. Vou à dra. de assuntos respiratórios amanhna e ao clínico na terça. Acho que é tudo psicossomático, mesmo. Obrigada pelos comments. Vai ficar tudo melhor. Pequenas atualizações no UA, concurso até terça. No blog gringo, posts sobre a Tropicália. Quase 30 anos depois está na moda aqui nos EUA.

De resto, é bom descansar aqui do mundo feroz gerado pelo nosso Rei.

Boa semana, querida!
 
que sea una hermosa semana, besitos



besos y sueños
 
As fotos e as palavras,
sossegam-nos. Os comentários alegram-nos, tanta gente bonita.
Enfim, acho que os dois autores tão contraditórios, nos mostram muito da alma portuguesa. Abç
 
Também adoro pesquisar textos e procurar as imagens para combinar...funciona como um relaxante :)

Beijos

(hoje pesquisámos o mesmo texto...)
 
gosto do teu blog, da selecção dos textos, das fotografias, da atmosfera ambiente que crias com uns e outros, dos sentimentos que nos fazes reviver, dos pensamentos... Irei voltar muitas vezes. beijos
 
pitanga

é verdade , a fruteira lá da aldeia emana um aroma delicioso por toda a casa, as batatas e as couves têm outro sabor...
beijinhos
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?