quarta-feira, julho 26, 2006

 

Do Cais do Sodré ao Oriente...


Faço a paysagem ter para mim os efeitos da música, envocar-me imagens visuaes – curioso e difficilimo triumpho do êxtase, tão difficil porque o agente evocativo é da mesma ordem de sensações que o que as há-de evocar. O meu triumpho máximo no género foi quando, a certa hora ambígua de aspecto e luz olhando para o Caes do Sodré nitidamente o vi um pagode chinez com estranhos guizos nas pontas dos telhados como chapéus absurdos – curioso pagode chinez pintado no espaço, sobre o espaço-setim, não sei como, sobre o espaço que perdura a abominável terceira dimensão.

É possível a certas almas sentir uma dor profunda por a paysagem pintada n’um abano chinês não ter trez dimensões.

Poderei ir buscar riqueza ao Oriente, mas não a riqueza de alma, porque a riqueza de minha alma sou eu, e eu estou onde estou, sem Oriente ou com ele.

NÃO PERCA ESTE VIDEO
http://www.visualgui.com/motion/BonjourVietnam.html
Bernardo Soares – O Livro do Desassossego (1930)

Comments:
Bom dia!!! Vim buscar minha cota diária de coisas bonitas!
 
e viste o video????
 
Bom dia. estou com medo de ver o vídeo depois de ter visto o das crianças com armas. Ando muito fragilizada, você sabe. O post está lindo, como sempre.

Beijos,
 
tina o video é lindo , tina
 
O video é lindo sereno... como imagino que deveriam ser as paragens no oriente...
grata pela partilha, foi um mimo muito bom...

Xi greentea
 
passei só para dar uma beijoca!

volto depois ... em breve, espero!

fica bem!

dia muito feliz!
 
ainda hoje tinha passado pelo teu blog para ver se havia novidades...

Já tinha saudades!
Volta depressa e tudo bom para ti.
 
Fantástico este post. Adorei o vídeo! E a música! Bjs de Luz
 
«a riqueza de minha alma sou eu, e eu estou onde estou, sem Oriente ou com ele»
:)
Fabuloso!
Não consegui ver o vídeo porque o meu computador não o conseguiu ler. Não percebo porquê. Amanhã vou tentar ver noutro computador.
Depois comentarei.
Boa noite!
 
Sempre surpreendente. Obrigado pela partilha.
Beijo muito cheio.
 
"Poderei ir buscar riqueza ao Oriente, mas não a riqueza de alma, porque a riqueza de minha alma sou eu, e eu estou onde estou, sem Oriente ou com ele."
Precisa dizer alguma coisa mais?
 
Um beijo rápido e cansado minha querida amiga.
 
OLÁ AMIGA
Há algum tempo que não visitava este fabuloso lugar.
Mas que belo título, e, para quem faz a viagem de barco, que bela paisagem pode usufruir...
ADOREI:
Poderei ir buscar riqueza ao Oriente, mas não a riqueza de alma, porque a riqueza de minha alma sou eu, e eu estou onde estou, sem Oriente ou com ele.

Beijo com saudades.
 
gracias por tus bellos saludos, los castillos tiene un encanto
ya subire un pots castillos de Portugal luego, sabia y habia visto castillos de Portugal
son maravillosos
la verdad que tienen un pais de encanto
un abrazo muy grande y que tengas un bello dia
besitos amiga

he tenido problemas con la net por el mal tiempo aca, llueve hace muchos dias




besos y sueños
 
y desde mi otro mundo te dejo invitada a el
besitos


besos y sueños de Freyja
 
Olá querida amiga,
desculpa mas não pude vir antes, estou numa fase negra de work... sempre tão actual este excertos do livro de Desassossego...«a riqueza da minha alma sou eu» lindo... O video? bestial.. Bjhs e passa um dia em paz oriental
 
Não se pode ensinar, mas eles podem aprender, certo? (canhotos e crochet?). Beijitos.
 
aqui cheira a lisboa, a sintra, a coisas boas e bonitas.bjs
 
O nosso tesouro está mesmo dentro de nós, e passamos por este mundo numa aprendizagem de o escutarmos e aprendermos com ele.

Beijinhos com carinho.
 
Olá, Greentea!
Acabei agora de ver o video e só posso dizer que é lindissimo.
É um hino à vida e à paz!
Depois de o visualizar perguntamo-nos como é que é possível este Vietname depois do «outro» Vietname...
E perguntamo-nos como é que é possível a guerra, quando o mundo tem para nos oferecer de uma forma tão natural e espontânea tanta beleza e tanta harmonia...
É um paradoxo! Buscamos incessantemente a felicidade, mas o que sabemos fazer melhor é a guerra - as grandes e as pequenas guerrinhas do dia a dia - somos um DESASSOSSEGO!
Obrigada!
 
Ontem estive aqui mas só me apetecia falar de flores e deixei meu recado a Pessoa. Mas hoje
moi aussi, bonjour greentea.
Ah, gosto de flores e de mar.
beijos Pitanga
 
Uma feliz associação da beleza e paz do Oriente, vista no video, à reflexão de Fernando Pessoa. **
 
E lá vamos nós, com ele e contigo, por um caminho perfumado e distante. Dias felizes para ti! Beijinhos
 
..."porque a riqueza de minha alma sou eu, e eu estou onde estou, sem Oriente ou com ele."
Que grande verdade....!!!!
Obrigada, Greentea, por estes momentos especiais no teu espaço...
Beijinhos
 
os ca~es estão fechados, e por enquanto continuam lá, sabe-se lá em que condições, a avaliar pelos gatos :(

Infelizmente é mais complicado albergar gatos que cães :(

Rute
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?