sábado, junho 24, 2006

 

VIAJA DENTRO DE TI ....

Pudesse a árvore vagar
E mover-se com pés e asas,
Não sofreria os golpes do machado
Nem a dor de ser cortada.
Não errasse o sol por toda a noite,
Como poderia ser o mundo iluminado
A cada nova manhã?


E se a água do mar não subisse ao céu,
Como cresceriam as plantas
Regadas pela chuva e pelos rios?
A gota que deixou seu lar, o oceano,
E a ele depois retornou,
Encontrou a ostra à sua espera
E nela se fez pérola.

Não deixou José seu pai
Em lágrimas, pesar e desespero,
Ao partir em viagem para alcançar
O reinado e a fortuna?
Não viajou o Profeta
Para a distante Medina
Onde encontrou novo reino
E centenas de povos para governar?






Faltam-te pés para viajar?
Viaja dentro de ti mesmo,
E reflecte, como a mina de rubis ,
Os raios de sol para fora de ti.
A viagem te conduzirá a teu ser,
Transmutará teu pó em ouro puro.
Ainda que a água salgada
Faça nascer mil espécies de frutos,
Abandona todo amargor e acidez
E guia-te apenas pela doçura.
É o Sol de Tabriz que opera todos os milagres:
Toda árvore ganha beleza
Quando tocada pelo sol.

("Poemas Místicos", de Jalad ud-Din Rumi, poeta que viveu na Arábia do século XIII - Editora Attar).

Comments:
Abandonar o amargor e acidez....guiar-se pela doçura...seria o paraíso...

As provocações são muitas e a maior parte das pessoas não está preparada para perdoar.

Mas é esse o caminho, sem dúvida.

Bjs
 
o caminho é o perdão sem dúvida, isa

começando antes de mais por nós próprios

libertando-nos da acidez de certas recordações
de certos passados
que já nada nos trazem

viajar ao fundo de nós
e trazer o sol cá para fora...

beijo para ti
 
Bonito post e profundo...

Até à próxima.
 
Está francamente muito muito bonito. Bom dia, bjinho.
 
rubi

vermelho


como tu gostas, grhiba...

bjs
 
Muito bonita esta Viagem.
Bom fim de semana.
Licínia
 
Muito bonito...
 
Elinda a poesia e muito legal publicar algo do mundo islâmico, o qual esteve na cultura portuguesa, espanhola e na do sul da França durante 400 anos. O que existe hoje nos terroristas é uma deturpação.

O Islã está absolutamente presente também nas colônias no fatalismo e na fé em um ser superior, Oxalá!
 
Não sou uma pessoa que perdoa, por acreditar que cada ato, não pode ser perdoado, para evitar que tais, sejam praticados. Desse modo, bons atos pode e devem sim ser reconhecidos e valorizados. Por essa razão é que acredito que perdão, cabe somente para coisas banais, feitas sem pensar e que de fato não causem nenhum mal. Sempre pedirei perdão por coisas que eu tenha feito sem perceber, por um descaso qualquer, mas certamente terá de ser do tipo que jamais fira ou ofenda alguém. Acredito que atitudes ruins, geram marcas e energias maléficas e para isso, não há ato de perdão que faça mudar a energia negativa despendida. Quando alguém me pede perdão por algo ruim que tenha me causado, digo sempre que não é amim que tal perdão deva ser dirigido e sim, ao todo, por acreditar que o meio é que acaba sempre perjudicado...

Não sei se me explico claramente, especialmente por reconhecer que tenho um funcionamento diferente...

De todo modo, gosto muito das questões que lanças aqui e me agrada teu modo de expor o que por vezes pode parecer simples de se conviver.

Beijinhos para teu final de semana e obrigada por tua visita!!!

Cris
 
uma vez disseram-me qualquer coisa parecido com isto. o Homen já foi à lua mas existe uma viagem muito mais longa a fazer bem dentro de nós....
 
Esqueci de dizer...

Sou mesmo uma pessoa que por princípio, acredita sempre no melhor. Busco me manter em linha e sintonia com o bem, mas não sou do tipo que oferece a outra face, caso o tratamento que recebo, não for consizente com o que espero e acredito como cabível. So mesmo de fogo nas ventas se alguém cruza o meu caminho, com ares de maldade... maldade para mim, não tem cura e não haverá perdão que a destitua depois de proferida.

Quem é mau, ruim, ou vive sempre nos limites das segundas intenções, é alguém que para mim não serve e eu seria hipócrita se dizesse aqui que sou boazinha e que costumo perdoar atos de pessoas ruins... Perdoo não!!! Se perdoar, estarei dando as chaves para que tal malfeitor venha a cometer outros e outros atos de maldade e isso não tem cura. Eu acredito que perdão é uma solução criada para uso na boa educação, somente. Para mais nada e serve somente para coisas do tipo: por favor me perdoa por eu ter esbarrado sem querer em seu braço... Me perdoa por eu ter quebrado seu vaso...

DEU!!! Fica por essa linha!!! Perdão não serve para aprumar defeitos de caráter e de má intenção!!! Perdão acaba por viciar o cidadão!!! Faz e pede perdão...

Comigo não funciona e o melhor mesmo, é não fazer. E todos nós sabemos quando alguém faz algo por um deslize de atenção, ou por um ato estudado de intenção!!! No primeiro caso, o pedido de perdão é desnecessário e no segundo, inútil!!! Então eu pergunto: Devo mesmo acreditar em perdão???
Eu não acredito não...

Beijinhos!!!

Cris
 
E...

Eu não perdoo, mas assimilo e faço isso muito bem, pois não sou rancorosa. Mas não sou boba e muito menos, burra!!!

Além disso, sou transparente demais para dizer algo que eu verdadeiramente não estaja sentindo.

Agora vou mesmo!!!
Beijinhos!!!

Cris
 
Mentira... Eu voltei mais uma vez para te dizer que vale mesmo muito o investimento de ir para o Alaska. Conheço bem nossos dois extremos e são fantásticos e distintos. A Patagônia e a Terra do Fogo, são calcinadas pelo vento, enquanto o Alaska e o Ártico, possuem uma geografia bem distinta, mas ambos os polos, são maravilhosos. O que falei no post sobre o rugido do degelo, é verdadeiro e eu chorei feito uma criança, diante de tamanha beleza, quietude, grandiosidade, como faço sempre diante das muitas demonstrações de generosidade da natureza.

Cris
 
temos que aprender como as emoções e comportamentos negativos nos são prejudiciais ­ para a sociedade e para o futuro também ­ e como as emoções positivas são benéficas”, diz Dalai Lama.
Entendo o que tu queres dizer sobre o perdão, porque não chega dizer que perdoamos a este ou aquele q nos fez mal, não apenas ter quebrado o prato ou ter-nos roubado a carteira...
Alguém q te fez muito mal, tipo falsificou a tua assinatura e utilizou tua conta bancária ou um parente qualq q se aproveitou dos bens da tua herança ou a tua melhor amiga levou-te o marido, o pai dos teus filhos..
Passam-se anos e anos e ainda pensamos nisso e vêm os ressentimentos, o não-perdão.os maus sentimentos para com essa(s) pessoa(s)

E aqui é q acho importante uma mudança de atitude, ou seja, tentar entender porque essa pessoa te fez isso e tentar "enviar-lhe" pensamentos positivos, boas energias, compaixão no sentido de tentar entender porque essa pessoa te fez isso, fazer-lhe ver que a culpa de determinado acontecimento está em nós e não nos outros ou nas circunstancias,
as atitudes negativas de determinada pessoa até podem nos fazer crescer interiormente ao termos de passar por essas situações, temos de saber aproveitar o momento...
Muito do que escrevo, não é apenas porque tem sentido para mim; muitas vezes são "recados" mensagens para outras pessoas
Os maus sentimentos, as energias negativas são sentidas à distância pelas plantas e pelos animais - são-no tb pelos seres humanos entre si, mesmo a grandes distancias, mesmo entre nós blogguistas que nem sequer nos conhecemos - temos empatia por uns e "detestamos" outros

E é esse sentimento negativo que se deve tentar reconverter ou pelo menos respeitar q cada um é como é e tem o direito de ter o fundo do blog todo preto ou amarelo ou encarnado. Ou de gostar de futebol, coisa q eu detesto.
Claro que não é fácil; não ficamos satisfeitos se alguémmachuca nosso carro ou se vamos para o hospital depois de um atropelamento, mas desse acontecimento negativo devemos tirar as ilacções positivas que vêm a seguir...
Ficariamos a noite inteira ou então tiramos umas férias e vamos até O aLASKA OU À pATAGONIA, SEM DÚVIDA MARAVILHOSOS MAS ONDE PROVAVELMENTE MUITA GENTE DETESTARIA IR OUVIR O SILENCIO DO DEGELO...

TEM UMA BOA NOITE. um beijo grande,
 
Gostei da tua viagem e das tuas «propostas».

Com o Sutra de Lotus, deixo-te um sorriso e um beijo*

Nam-myoho-rengue-kyo..:)
 
Sei do que falas, mas essas são as diferenças e não as aceitações. Há uma distância em aceitarmos as diferenças - e isso eu aceito muitíssimo bem - e termos de nos conformar e nos consolar com as consequencias...

Eu sou uma pessoa que busco viver bem e respeito ao máximo as diferenças e os limites, mas respeito também e muito bem, meus sentimentos. Tens razão quando dizes que independente das distâncias, nos identificamos e mais ainda, somos capazes de perceber e assimilar intenções e sintonias... Precisamos estar atentos, N entanto não tenho essa ilusão de que se alguém me agride, eu fico olhando a cena e tentando buscar as razões do meu agressor... Não sou assim. Se posso, resolvo na hora, com foi o que fiz a pouco com uma pessoa que me deixou um recado em um dos meus post e eu não gostei. e imediato, respondi. Só que não sou d tipo que lea nada disso adinate. Se posso resolver, resolvo. Se não posso, resolvido estás e não guardo mais nada do evento, pois passado para mim, está morto. Isso de perdoar quem me prejudica, não sou eu a pessoa que devo perdoar e sim meu próprio malfeitor, pois o mal maior é de quem o pratica, embora esse não tenha capacidade para perceber. Dessas coisas, tenho tudo muito claro e quero para mim, sempre o melhor e as pessoas mais queridas. Não me importa as religiões, cores, credos, amores, nada. Me importa que sejam boas e bem intencionadas, por acreditar que quem pratica o mal, não tem cura e de nada adiantará o meu perdão, para quem se valerá dele para repetir a dose...
É difícil falar disso por esse meio, mas se tiveres dúvidas, me escreva novamente e vamos seguindo até completarmos nossos entendimentos e trocas de pensamentos.

Beijinhos para teu final de semana!!!
 
que bello, muchas gracias, llegar aqui es llegar aun mundo de paz, tienes un alma muy bella

como podria ser el mundo iluminado...y cada nueva nueva mañana...

encontro una ostra a su espera...y se hizo perla
....
que hermoso...dejas mi alma volando

todo arbol gana belleza cuando es tocado por el sol..
me gusta mucho al poesia arabe
mira yo acabo de subir una muy bella aqui

http://undiaparalapoesia.blogspot.com/

gracias por este viaje tan bello
que sea un bello fin de semana y estes muy bien
un abrazo linda amiga



besos y sueños
 
Greentea, lindíssimos os poemas e as imagens. Beijos floridos da Ursa :))
 
Até, bjinhos.
 
Viajar dentro de nós...
Proposta fantástica e possível!
Fantástica também esta mensagem que aqui nos ofereceste, Greentea!
Beijoka grande!
 
RESPECTO A TU COMENTARIO DIGO :
MIENTRAS HAYA VOCES QUE NO CALLAN , LA POSIBILIDAD DE CAMBIAR ESTE MUNDO SERÁ CIERTA .

MUY LINDO TU POST .


BESOS , AGRADECIMIENTO Y
BUEN DOMINGO .

ADAL

SHALOM
 
este blog é sempre irresistível!!!!!!!pelo implícito saber ....


abraço.
 
Eu dei inicio a uma viagem dentro de mim, neste momento ainda estou no inicio, a viagem vai ser longa de certeza e o que me questiono é se terá fim???Vou ainda encontrar a mina de rubis???

Beijos doces!!!
 
Uma beleza, moito bonito !
Atè a pròxima.
Beijos
 
rodolfo


até sabes portugues...

mas segundo creio és argentino.
Hás-de contar-me isso um dia destes. bjs
 
mendes ferreira,

assim se pretende q seja ...irresistivel tal como a lua cheia...
bjs
 
freyja


que todos sejamos a gota de água que sobe às nuvens e desce de novo às profundezas do mar para encontrar a ostra, convertendo-se em

pérola-


pérola +es tb tu, freyja

beijos para ti e bom fim de semana - amanha tens feriado e eu não...
 
vida


a mina de rubis reveste-se de diversas formas no nosso interior

todos temos a capacidade de encontrá-la


alguns não a querem ver


beijos para ti
 
Lamina,

o que tem de ser dito, diz-se não ficamos armados em bonzinhos só a perdoar q isso não rwesolve nada,

aquilo que por vezes tento é "entrar" no pensamento das pessoas e fazer-lhes ver como estão a ser cruéis, maldosos, sem respeito e faço o que estiver ao meu alcance para pararem com tais atitudes de agressividade - não se trata de perdão mas de boas energias, enviadas "telepaticamente"...
Não sei explicar, são sintonias, são ondas, mas consigo comunicar assim e faço-o com algumas pessoas para que tentem perceber como estão erradas, como devem reflectir na sua atitude (no caso , um dono que agredia com violencia seu cão e deixava-o sem comer dois dias seguidos e sem água sequer) ou duma mulher que conheci que muito mal fez à sua volta e agora já é a terceiora operação ao coração que faz, sem exito. E não vê onde está o seu erro e quue toda a sua forma de querer "amar" está errada...

Ficaremos por aqui. Para já.

As dúvidas que forem surgindo, vamos falando nelas

Beijos, para ti
 
Lamina,

o que tem de ser dito, diz-se não ficamos armados em bonzinhos só a perdoar q isso não rwesolve nada,

aquilo que por vezes tento é "entrar" no pensamento das pessoas e fazer-lhes ver como estão a ser cruéis, maldosos, sem respeito e faço o que estiver ao meu alcance para pararem com tais atitudes de agressividade - não se trata de perdão mas de boas energias, enviadas "telepaticamente"...
Não sei explicar, são sintonias, são ondas, mas consigo comunicar assim e faço-o com algumas pessoas para que tentem perceber como estão erradas, como devem reflectir na sua atitude (no caso , um dono que agredia com violencia seu cão e deixava-o sem comer dois dias seguidos e sem água sequer) ou duma mulher que conheci que muito mal fez à sua volta e agora já é a terceiora operação ao coração que faz, sem exito. E não vê onde está o seu erro e quue toda a sua forma de querer "amar" está errada...

Ficaremos por aqui. Para já.

As dúvidas que forem surgindo, vamos falando nelas

Beijos, para ti
 
piano,

deixaste de ter comments no blog?

fui lá para te deixar um recado


bjs.
 
piano,

deixaste de ter comments no blog?

fui lá para te deixar um recado


bjs.
 
Olá
grandes ensinamentos tiramos deste post.. o perdão é sem dúvida o caminho para sermos um pouquinho mais felizes.. Bjhs
 
É sim senhora, é esse o caminho,,,
não duvido,,,mas a dor e a amargura tornam as pessoas azedas.
"Todo o mundo suporta uma dor excepto quem a sente",,,
Para descobrir o caminho,,,depois de uma dor,,,leva tempo,,,amigas!
Veremos se eu terei tempo, já não sou muito nova.

Beijos excelente post!
 
E como má pessoa que sou,,, agora,,, acrescento que os perdões não se pedem ,,, evitam-se.

Antes,,, quando era boazinha, passava a vida preocupada em não melindrar, não magoar, não causar mal a ninguem,,, quem me conhece sabe,,, e afinal,,, enfim,,,

Beijos
 
fada


há coisas q têm de ser ditas, custa o q custar...

qd eu era pequena tinha de dizer sim a tudo
um dia cansei-te e passei a ser eu própria; com muito sofriomento a pprincipio porque issso me custou muito caro , noutros aspectos
em muitas alturas disse não
e bati com a porta
fiquei só mas fiquei tranquila
tudo o resto veio depois...
estamos sempre a tempo de mudar.

um beijo
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?