sexta-feira, maio 26, 2006

 

pensamentos

O pequeno Zeca entra em casa, após a aula, batendo forte os seus pés no assoalho da casa. Seu pai, que estava indo para o quintal para fazer alguns serviços na horta, ao ver aquilo chama o menino para uma conversa.
Zeca, de oito anos de idade, o acompanha desconfiado. Antes que seu pai dissesse alguma coisa, fala irritado:
- Pai, estou com muita raiva. O Juca não deveria ter feito comigo. Desejo tudo de ruim para ele.
Sei pai, um homem simples mas cheio de sabedoria, escuta calmamente, o filho que
continua a reclamar:
- O Juca me humilhou na frente dos meus amigos. Não aceito. Gostaria que ele ficasse doente sem poder ir à escola.
O pai escuta tudo calado enquanto caminha até um abrigo onde guardava um saco cheio de carvão. Levou o saco até o fundo do quintal e o menino o acompanhou, calado.


vê o saco ser aberto e antes mesmo que ele pudesse fazer uma pergunta, Zeca o pai lhe propõe algo:
- Filho, faz de conta que aquela camisa branquinha que está secando no varal é o seu amiguinho Juca e cada pedaço de carvão é um mau pensamento seu, endereçado a ele. Quero que você jogue todo o carvão do saco na camisa, até o último pedaço. Depois eu volto para ver como ficou.
O menino achou que seria uma brincadeira divertida e pôs mãos à obra. O varal com a camisa estava longe do menino e poucos pedaços acertavam o alvo.
Uma hora se passou e o menino terminou a tarefa. O pai que espiava tudo de longe, se aproxima do menino e lhe pergunta:
- Filho como está se sentindo agora? Estou cansado mas estou alegre porque acertei muitos pedaços de carvão na camisa.
O pai olha para o menino, que fica sem entender a razão daquela brincadeira, e carinhoso lhe fala:
- Venha comigo até o meu quarto, quero lhe mostrar uma coisa.
O filho acompanha o pai até o quarto e é colocado na frente de um grande espelho onde pode ver seu corpo todo. Que susto! Só se conseguia enxergar seus dentes e os olhinhos.
O pai, então, lhe diz ternamente:
- Filho, você viu que a camisa quase não se sujou; mas, olhe só para você. O mau que desejamos aos outros é como o lhe aconteceu. Por mais que possamos atrapalhar a vida de alguém com nossos pensamentos, a borra, os resíduos, a fuligem ficam sempre em nós mesmos
(Autor desconhecido)

Cuidado com seus pensamentos; eles se transformam em palavras.
Cuidado com suas palavras; elas se transformam em acções.
Cuidados com suas ações; elas se transformam em hábitos.
Cuidado com seus hábitos; eles moldam o seu caráter.
Cuidado com seu caráter; ele controla o seu destino!

(Revista da Folha 31/01/99)
Preciosa Colaboração de Sueli Soyano

(Quadros de F. Botero)

Comments:
Olá
grande lição de vida nos dá este post.. é mesmo certo.. todo o mal que desejamos aos outros poderá voltar para nós,por isso mais vale ter pensamentos positivos! Bjhs e bom fds
 
Adorei! Penso que nem vale apena comentar... a força do pensamento é poderosa, eu acredito numa das leis do Universo que é a lei do retorno. Existe um ditado que diz: Quando uma borboleta bate as asas na Amazonia todo o planeta sente. Por isso sempre digo que se começarmos por nos esforçar para sermos felizes não só nós ganhamos como todo o Planeta. Quando oiço que nada pudemos contra tanta miseria no Mundo, para mim isso não é verdade.Basta começar por nos amarmos e o efeito de ressonancia ajuda, espalha todo o nosso Amor e Felicidade. Beijinho. PARABENS por este post!
 
Aquilo que desejamos, volta para nós. :) Desejo-te um excelente fim-de-semana. :) :)
 
Grande lição de vida!!!
Simplesmente maravilhoso!

Bjos e bom fim de semana.
 
Parabéns pelo blog! Gostei de passar por aqui!:)

Beijinhos.
 
Gosto muito de chá verde..acho que fiquei a gostar ainda mais...

Já te tinha bebido por aqui e por ali :-)

Om Namah Shivaham
 
Esta história, conta de uma forma simples, uma lição que transcende o "moralismo" social para se inscrever em algo que já é do foro da sabedoria de vida. Parabéns por mostrar que o mal não deve ser desejado nem praticado, mas que - se e quando o é - recai sobretudo sobre quem o enviou...

Um abraço,

Isabel
 
Querida Greentea,

Deixei um comentário ao teu post anterior, sobre vegetarianismo, se puderes vai ver.

Um abraço e desejos de um bom fim de semana.

Isabel
 
lição de vida, mas será que aprendemos, eu acho que cair todos caiem, levantar... erguer.. é o mais dificil
adorei...
besitos
 
temos de aprender, tal como em pequenos qd aprendemos a andar...
quantas vezes caimos?
só assim aprendemos a levantarmo-nos!

besitos mixtu
 
Sim, Greentea, é a lei do retorno...Cuidado!
Adorei os quadros de Botero....
Precisamos desejar o bem dos outros, afinal não custa assim tanto!
Bjinho
 
Vi a parábola do carvão noutro blog e achei-o com uma mensagem bem boa e positiva. Conclusões excelentes com palavras apropriadas…
 
http://vagueandoporti.blogspot.com/

Não gosto de dormir sozinho...



Lembro dos teus braços ao meu redor.

Da tua respiração na minha nuca...

Da tuas mãos me acariciando...

De nos amando...



Não gosto de dormir sozinho...



Lembro dos teus carinhos

De me sentir amado

Do passar das tuas mãos pelo meu corpo

Pelo meu rosto,

Do teu olhar o meu jeito.



Não gosto de dormir sozinho...



Quero estar contigo,

Quero sonhar teus sonhos.

Quero amar-te, quero que me queiras.

Quero viver contigo.



Não gosto de dormir sozinho...
 
Olá!
Boa!!Uma lição para a vida!!

Tudo de bom!
Beijinhos
:))))
 
excelente
além de tudo de uma verdade tão grande, que nos faz pensar


:)
 
Uma grande verdade. Gostei imenso deste texto de reflexão.
Beijinho e bom fim de semana
 
Velha metáfora sobre a palavra, que me fez bem recordá-la; aqui substancialmente melhorada com o grafismo bem escolhido para ela.
amizade,
jorgesteves
 
LA FUERZA DEL PENSAMIENTO ES NOTABLE .
TODO ES UNA CUESTIÓN DE ACTITUD , Y ESTÁ EN NUESTRO PENSAR .
EL AMOR AL PRÓJIMO PUEDE CAMBIAR EL MUNDO .
SE CRECE TODO LOS DÍAS , TODOS LOS DÍAS TENEMOS PARA APRENDER , ASÍ HASTA EL ÚLTIMO DÍA QUE VIVAMOS .-

MIS CARIÑOS GREENTEA Y BUEN FIN DE SEMANA

ADAL

SHALOM
 
Cuidado!!! Cuidemos sempre do tudo e de todos e assim esteremos cuidando de nós mesmos.


Que bom que tenhas gostado de minhas receitas e espero que ao experimentares, que gostes mais ainda. Se desejares mais, é só me pedir. Tenho manias de criar receitas. Meu filho é o experimentador e conhecedor dos temperos e das ervas e juntos, fazemos da cozinha e das receitas, nossa alquimia e fantástica máquina de transformações de alimentos.

Beijinhos e bom domingo!!!
Cris
 
que metáfora maravilhosa! beijinho
 
temos uma belíssima contadora de histórias, sempre com uma força pedagógica de apreciar...agora os vegetais que nunca dispenso à mesa,não poderão ser acompanhados com um salmão fumado, marinado?
A acompanhar uma lagostitita ou de preferência a merdinha da sapateira, e já agora um cabritinho...nada disto é aconselhável???
Só tenho 1 kilito a mais, segundo os padrões internacionais e locais.
Ah.., não seja assim, deixe-me comer alguma coisita!
Bem...
Eu sei, eu sei, não diga mais.
Sou um daqueles que nada há fazer!!

Hum..vou tentar.
um abraço
 
Prometo que vou cuidar e valeu a lembrança, pois temos aqui uma boa mulher, mas não uma santa.

Beijos!
Tudo de bom!
 
siempre regalando sabiduria, hermoso
un abrazo


besos y sueños
 
é optimo passear nestes textos
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?