segunda-feira, abril 03, 2006

 

Horizontes do silencio

Já antes vos falei um pouco sobre mim, já sabem que sou uma pessoa normal, vulgar, como tantas outras, também já sabem que eu sou surda. Talvez ainda não saiba que a minha surdez é pré – linguística, isto é, nasci assim, surda. Nunca ouvi.Às vezes, gostava muito de ouvir o som do mar, as vozes humanas e dos animais, música, os sons da cidade, … Não sofro por não ouvir, porque nunca ouvi qualquer som, porém sinto a natural curiosidade de querer conhecer… Às vezes, usava o aparelho auditivo, porém, deixei de o colocar porque não ajudava muito. O aparelho amplia muito alguns sons e ainda torna mais difícil, para mim, a compreensão dos sons que me rodeiam. Deixei de o usar, não por vergonha, mas porque tanta confusão me fazia dores de cabeça. Era horrível, mesmo. O aparelho não me faz "muita" falta porque, se as pessoas articularem bem, se falarem pausadamente, se estivermos frente a frente, consigo fazer uma boa leitura labial e compreender tudo o que me dizem e posso manter, sem dificuldades de maior, um diálogo de horas. Quando há várias pessoas a falar ao mesmo tempo, bem... aí é complicado porque não posso estar a olhar para todos os lábios ao mesmo tempo, não é verdade?Um surdo pós – linguístico deve ter sofrimento, porque essa pessoa já ouviu. Regra geral, estes surdos – pós – linguísticos - articulam melhor pois já têm a experiência do mundo dos ouvintes. Por isso, penso que um ex-ouvinte sofre muito, porque já não consegue ouvir e ainda, na maior parte dos casos, não consegue perceber o que estão a falar, porque não adquiriu ainda prática de fazer uma boa leitura labial. Se eu fosse ex- ouvinte, ficaria muito confusa, tenho a certeza! Terrível... Ouvir o mar, sei que é lindo, como matar as saudades??? Impossível! Estão a perceber o que estou a dizer? Assim, como nunca ouvi, é como já disse lá atrás. Tenho pena de nunca ter ouvido o som do mar, a brisa do vento, o choro de uma criança, os pássaros a cantar, as flores a dançar, a chuva zangada, ... Mas não sofro. Verdade que algumas vezes, tenho ciúmes dos ouvintes, pois ouvem tudo, mas em outras ocasiões sei que sou privilegiada, não fico perturbada com ruídos, barulhos…Eu posso dormir tranquila... É bom ser surda, não acham?Eu sou absolutamente contra os implantes cocleares porque nós, os surdos, podemos sofrer danos irreversíveis com os implantes. Somos surdos, nascemos para ser surdos… Com implantes, fazer operações tão arriscadas para ser ouvinte, para quê?!? Nós podemos viver plenamente a vida. Não temos os cinco sentidos? Certo! Temos "4sentidos"! Temos olhos lindos para pudermos olhar, ver, ler os lábios… Temos mãos lindas para falar, dançar, acariciar, … acenar, etc… Temos nariz lindo para pudermos cheirar o perfume, a comida, os livros, etc… Temos a boca para comer, beijar… Quatro sentidos, certo! mas usados totalmente! Nós sabemos fazer umas cenas lindas, maravilhosas, imaginativas. Temos uma memória bonita.Somos minoritários, estamos no mundo dos ouvintes… E os ouvintes sabem muito pouco sobre a vida dos surdos. É uma pena que não haja mais informação sobre nós, os surdos. É importante para nós que os ouvintes comecem por perceber que ser surdo não significa ser mudo. É importante que compreendam que ser surdo não faz de nós seres de outro planeta, nem bichos raros.Não ouvimos. Poderemos até levar mais tempo para perceber o que o nosso interlocutor está a dizer, mas somos tão humanos quanto os ouvintes, certo? Com sentimentos, paixões, amores, desamores, amigos, colegas, companheiros, conhecidos, vizinhos,... Rimos e choramos. Sofremos e alegramo-nos. Brincamos e estudamos.Na América, muitos surdos são professores, advogados, juízes, administradores, médicos, actores, etc… Porquê? Porque lhes foram dadas condições para que pudessem tirar o curso que pretendiam! Aqui, em Portugal, onde estão? Na faculdade, há milhares de ouvintes e apenas 30 surdos. Motivo para reflexão, não vos parece? É que os surdos não são nem mais nem menos inteligentes que os ouvintes...O nosso acesso à informação é bem mais limitado. Por exemplo, com a televisão, nós não conseguimos perceber a totalidade das notícias - o locutor ou fala depressa demais, ou articula as palavras de maneira pouco clara, ou a voz está em «off». Temos teletexto, mas é raro! Poucos são os programas onde há um intérprete de Língua Gestual Portuguesa e, mesmo naqueles em que os há, torna-se muito fatigante para nós seguirmos tudo porque o 'quadradinho' onde o colocam é tão pequenino.... Ir aos espectáculos de variedades? Seria uma maravilha!!!Ir a reuniões, impossível pois, regra geral, toda a gente gosta de falar ao mesmo tempo...Por hoje já chega, não acham? :-)Espero que vocês, ouvintes, conheçam agora um pouco mais sobre mim - sobre os surdos, em geral. Somos seres humanos. Somos seres humanos muito sensíveis. Obrigada por virem até aqui visitar-me. Obrigada por me lerem. Obrigada por ficarem a pensar em algumas das coisas que escrevi.Beijinhos para vocês todos! Boas férias! Não comam muitos chocolates e amêndoas!!! ´Tá?? =)
do blog da estrela do mar

http://www.estrelinhaa.blogspot.com





Comments:
Olá chá verde "GREENTEA", começo por te agradecer a visita ao blog da Máquina do Tempo, ao percorrer o teu, fiquei particularmente surpreendido pela escelente ilustração e bom gosto que percorrem as páginas...sou o encenador e dramaturco deste grupo que tem como prespectiva levr uma peça de teatro aí a Cintra...gostei...vou voltar...
Armando Moreira
 
FOTOS:

As duas primeiras são da autoria de

DON HONG-OAI e retiradas ao Blog da Sabedoria;

a última foto é tirada da Net, ~desconheço o autor.

Por lapso não indiquei na frente do Post...
 
Ola Armando Moreira, espero para breve a apresentação da peça aui em Xintra
ou Cintia
ou Sintra
.
Fico à tua espera.
 
Passei, entrei e admirei.Peço desculpa, já agora deixo o meu parecer. É um cantinho acolhedor e muito interessante, quer pelas fotos, quer pelos temas.
Parabéns
 
hum hum....onde é que eu já vi isto????



beijos. mts. e até__________________!
 
no blog da sabedoria as fotos, Mendes Ferreira

O texto é da estrela do mar e eu roubei-lho!!!!!!
 
Greentea:
Olá, boa noite!
Pois é, tens razão, neste ambiente «forjado» de ficção, as coisas ou as fortunas parecem ser mais frequentes e abundantes, também porque é mais fácil «criá-las»...
Os meninos têm todos as suas mesadas para estudar e fazem as suas patuscadas, às vezes até uma idade bastante avançada.
Abundam as fortunas como a do papá da Monforte (Os Maias)que, depois é esbanjada pela filha em viagens, roupas e todas as excentricidades que o dinheiro permitia. Também abundam as condessas... algumas matam porque estão muito apaixonadas (O mistério da estrada de Sintra).
Mas na ficção de Eça aparece como contraponto gente de trabalho que ganha a vida a pulso como é o caso do Vilaça n'Os Maias.
Embora, curiosamente, Eça nunca dê às suas personagens principais grandes carácteres. São normalmente pessoas fracas, desprovidas de grande vontade.
Mas no caso das novelas, acho que é um caso para esquecer, televisão é para vender, para ganhar audiências, quanto mais cor de rosa... mais vende!
:)
Bj e uma boa noite
 
Bonito este texto para nos desvendar um mundo diferente e fazer-nos reflectir um pouco mais...

Bj.
 
Ah! Que giro! Já lá fui.
Deu-me a conhecer um mundo com tantos pormenores desconhecidos. E essa vivência está muito bem contada.
É curioso que os teus temas têm sempre uma pitada de ficção, mas têm uma uma componente mais importante de «realidade»... abrangendo temas diversos com uma função formativa e informativa. Funciona muito bem!
Obrigada por te teres lembrado de mim.
 
tantos mundos diferentes dentro do nosso mundo. gratíssima. vou visitar este novo mundo que me apresentaste.
 
Não conheço aquela bloguista, mas
depois de ler o texto sinto uma
admiração enorme por ela. Mesmo.
A força, o sentido de humor, o
sarcasmo, a crítica, fantasia...
Tá lá tudo!

Sem exageros ou falsidades, este
foi o segundo momento surpreendente
do meu dia!

Obrigado Green...
 
Gostei do texto.

A propósito de peças ...

Convido-te desde já, a assistir à representação da minha peça, em Julho, no Castelo de Bragança à noite , ao ar livre :

" A LENDA DA TORRE DA PRINCESA - O MITO E OS AFECTOS "

e recordar os tempos medievais, no próprio local dos acontecimentos.

Espero por ti.

Bji GREEN TCHÉ
 
Querida Greentea,

Vim ao teu blog por causa do que dizias, sobre o Campo de Santana, mas não fiquei a perder, pois que me desvelaste um horizonte do qual eu já não me recordava com a pungência com que hoje o senti! Através de ti, fui conhecer a Estrela do mar, e gostei muito de que a tivesses reflectido no amplo céu da tua amizade. As fotos também estão espantosas!

Isabel
 
Querida Greentea, fico muito feliz por me teres assaltado. E realmente é como tu dizes: para esse belo texto, faça-se silêncio. Grato.
 
Green, nunca é demais "roubar" um texto desses pleno de sensibilidade e sabedoria, bem hajas.
Hoje e como sempre tem sido, o teu sentido para as coisas certas.
 
Gostei de ter ficado a conhecer o blog que referes. O mundo de que ela nos fala não é novo para mim. Tenho contactado com muitos surdos como ela e a comunicação é feita pela leitura labial. Porém , pensava que conseguiam captar o som do mar, do vento... os da Natureza.
Um beijo
 
'jinhos a kurrer.
 
Greentea
Já ontem passei por aqui...
Escrevi... Escrevi... e no momento de publicar... a net pregou-me uma partidita.
Então... optei por escrever no blogue da Estrela do Mar.
Agradeço-te o teres divulgado.
É um "mundo" que conheço um pouco, o dos surdos, aprendi com eles e por eles um pouco de língua gestual.
Todos a deveríamos saber, é fácil e muito engraçada...
Os surdos, de certeza, que agradeceriam aos ouvintes por os terem a comunicar, com eles, com a mesma língua, a gestual.

~*Um beijo*~
 
O meu blog deixou de publicar mais de metade dos links que tenho nos Template.

Alguém me sabe dar uma explicação para isto ou como corrigir a anomalia?
 
nunca lidei antes com surdos, rosmaninho.
Deparei-me há dias com um grupo de surdos que têm o seu blog e achei muito interessante como forma de comunicação, para eles e para nós ouvintes. Fiz um post há dias com as fotos do "artistaazul", qiue tem fotos lindissimas e este texto da estrela do mar deu-me outra dimensão da vida e do dia a dia de um surdo
 
Querida Greentea, as histórias que escrevo apaixonadamente são de realidades veridicas, que aconteceram mesmo.
Dai a palavra imaginativa, não consta até porque não é um conto qualquer mas uma das mémorias que perpentuam na extremidade da minha infância.
Isto dá-me prazer absoluto, faz-me viajar para trás do tempo e reviver aquelas emoções.

Gostei da tua iniciativa de postares um mundo silencioso, desse modo o publico em geral aperceberem da outra realidade, afinal de contas existem muitos mundos!

Bjokitas e um grande abração carinhoso.

Carinhosamente Memorex.

P.S-» Adicionei-te, n te importas?
 
fui ler melhor , memorex e já "senti" a pura realidade de uma traquinisse de menina...
mas é uma história linda!

Eu quero linkar-te mas tenho um problema com os links que me desapareceram mais de metade e não sei porquê, por isso de momento não acrescento mais ninguém
beijinhos grandes para ti.
 
Cara amiga, o crime afinal compensa!
que belo trabalho!

é tão estranho que seja preciso dizer tudo isto... é tão estranho... e não é, infelizmente!

senhores ouvintes o silêncio é Lindo!

beijos
um dia feliz!
 
É verdade sa.ra, nós ouvintes não temos a noção e queixamo-nos por tudo e por nada...
Como ela diz, nasceu para ser surda.
Nós nascemos para acordar a meio da noite com o ronco da mota, a porta da garagem do vizinho a chiar, o cão do lado a ganir com fome ou pelas sovas que leva, a criança a chorar por falta de amor ou para ouvirmos os tiros que a PSP vai dar aos cães abandonados na Graciosa (Açores) ou que os dão às focas-bébés...
Ouvimos e ouvimos bem mas não fazemos nada, ou por outra fazemos orelhas mortas!

Nada acontece por acaso...
 
Não fazia a mínima ideia, mas conheço-te pouco. E eu que me preocupava porque o ouvido esquerdo está " a zero ".
(Os anos também contam...)
Mas percebo que, apesar de surda, a tua sensibilidade é muito grande. Bem hajas por isso.
 
um beijo cheio de silêncio.
 
Green, há pessoas tão especiais. Tu és definitivamente especial e é um privilégio conhecer-te.Obrigado.
Bjos
 
Olá. Vim para dizer que as fotos são giras.
Beijos
 
Olá. Sim eu conheço esse texto pois é de estrelinhaa.blogspot. Eu conheço-a desde 6 anos, por isso que eu conheço muito bem nela. Eu tavlez vou criar o meu outro blog mas ainda nao estou confirmado e depois eu digo algumas coisas.
Beijos.
 
acho que era uma óptima ideia, pedro.
Como agora estás em férias vais preparando as coisas, escolhes assuntos que gostes, as tuas fotos mais lindas e com calma começas o teu trabalho, OK?
As fotos que eu te disse são do comment que tem os livros em vez duma foto e assina jg. Vai lá ver, que tu gostas.
Beijos para ti.
 
Gostei de conhecer a Estrela do Mar pelas suas simpáticas e esclarecedoras palavras!
Bjinhos
 
Oh querida greentea,
quero agredecer te muitoo***!!
És espectacular! As tuas amigas comentaram me muito!!! Obrigada pelo teu apoio, pois, para toda a gente saber o que é um surdo, certo?
Obrigada mais uma vez, minha "linda"!
Beijinhos fofos**
 
As minhas desculpas. Por vezes, as leituras mais apressadas, o muito stress (quando já não o devíamos ter...) fazem-nos cometer erros.
Um abraço fraterno. E quanto à sensibilidade mantenho tudo, tá ?
 
tá , travessias.
Agradeço a tua sensibilidade e o teu cuidado.
Agradeço a todos os que comentaram este post em nome da estrela do mar. do blog VIVER PARA SEMPRE.

Pela beleza e sensibilidade, acuidade do texto que nos vem revelar um mundo para nós, ouvintes, desconhecido

mas que deviamos

LEMBRAR PARA SEMPRE!

Um abraço para todos.
 
Olá! Muito obrigada pela visita ao meu blog. Gostei muito dos comments! :)
Não faz mal se não ouve os ruídos que nós ouvimos com os ouvidos,pois pode escutar a vida com o CORAÇÃO! :) e isso é muito belo!
De facto a maior parte das pessoas desconhecem os problemas e dificuldades que têm de enfrentar os surdos,mas podíamos juntar-nos (todos os interessados) e fazer algo para mudar essa situação,para arranjar melhores condições de estudos,de vida etc aqui em Portugal para quem não ouve (com os ouvidos) pois temos aqui uma pessoa muito especial que ouve com o coração,e tem uma inteligência e uma sensibilidade grandes e admiráveis!
Queria portanto dar os parabéns pela bonita forma de percepção que tem do mundo e pelo interessante blog que aqui tem! E também dar um grande beijinho e dizer que tem aqui uma amiga para tudo o que for preciso!
 
Bom dia!
BOM DIA QUERIDA GREENTEA!
:)
 
Com estas tudas palavras, uma nova visão dos sons. E, de repente, a gratidão por ouvir. :)
 
Amo o Oriente, mesmo sem nunca lá ter estado. As fotografias aqui apresentadas são extraordinárias.
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?