terça-feira, março 28, 2006

 

O Banho



Banho energético


Vivemos em um mundo onde determinadas situações são impostas independentemente da nossa vontade e temos que lidar com elas. Pode ser um chefe pegando no pé, um funcionário dando trabalho, um colega de empresa criando problemas, filhos se envolvendo em confusões, atritos , além de tantas outras coisas. Esse tipo de situação gera em nós uma carga energética que não nos faz bem, podendo inclusive causar doenças e, infelizmente, estamos sujeitos a recebê-las a qualquer momento .
Para limpar essa carga as pessoas costumam freqüentar lugares como Centros Espíritas, Templos Budistas, Terreiros de Umbanda, Igrejas Católicas ou qualquer outro lugar que tenha uma ligação com o Sagrado, usando dessa forma, a presença nestes lugares como técnica de limpeza. Não é necessário se deslocar até um lugar desses, esperando o dia de uma reunião para proceder com a limpeza energética, é possível realizá-la diariamente, de forma simples e eficiente, e desta maneira se manter sempre bem.



A técnica deve ser realizada durante o banho, embaixo do chuveiro e dura apenas alguns minutos. Usando sua capacidade criativa, imagine-se em uma mata, veja as árvores, ouça os passarinhos, se aqueça com o sol, sinta a brisa suave no seu rosto, visualize as pedras e a vegetação mais baixa, tudo com a maior riqueza de detalhes que conseguir. Dentro desse cenário você irá imaginar um rio, que vem do bosque, passa por uma pequena queda d’água e segue seu curso. Você estará exatamente embaixo da queda, sinta a água do chuveiro caindo em suas costas e imagine que essa água é aquela da pequena cachoeira. Insira-se no contexto.

Você irá imaginar que toda a força da natureza vem pelas águas desse rio, a água lhe trás de presente esse “mimo” da Mãe Natureza. Quando a água bate em suas costas ela produz uma limpeza e na seqüência uma sensação de restabelecimento. Sinta essa repercussão no seu corpo e desfrute disso.Para conseguir ver o resultado dessa técnica mais claramente sugiro que primeiro tome um banho sem realizá-la, observe como sairá do banho, no dia seguinte realize a técnica e faça a mesma observação. Com certeza você terá uma grata surpresa.

Realizando esse procedimento simples, que não toma muito tempo do nosso dia-a-dia, nos manteremos mais equilibrados para seguir nossa caminhada nesse belo planeta azul. Paz e Luz.
Valter Cichini Jr.

Visite o Site do autor.
Na Sala de Banho do 202 havia... ainda botões discretos que , roçados, desencadeavam esguichos, cascatas cantantes, ou um leve orvalho estival. Desse recanto, onde delgados tubos mantinham em disciplina e servidão tantas águas ferventes, tantas águas violentas, saía enfim Jacinto enxugando as mãos a uma toalha de felpa, a uma toalha de linho,a outra de corda entrançada para restabelecer a circulação, a outra de seda frouxa para repolir a pele...( A Cidade e as Serras - Eça de Queirós)

Comments:
vem um gaijo aqui para dar uma bjoka e tu tens banho?...ups...eu odeio água, sou como os gatos...inté, ups...
 
se eu soubesse, spartak ....
 
Ola
bom dia
olha eu fazia isso montes de vezes...era o meu anti stress.
Mas queres saber a melhor?, Aqui não tenho banheira.
Até logo amiguita
 
ai que boa sugestão!
que boa sugestão!
e, é verdade, funciona!
beijos
dia feliz!
 
Acho uma graça misturares os teus conselhos com os textos do Eça.
 
Ah! Greentea tão refrescantes e relaxantes que são as tuas sugestões! Às vezes até parece tão fácil ter uma vida com mais qualidade... e, no entanto, as coisas passam-nos ao lado sem as agarrarmos. Nunca temos tempo para nós!
...
Olha, mas achei muita graça ao texto do Eça que escolheste para associares a este post! Sabes que a Cidade e as Serras foi dos livros que mais gostei do Eça, e aquele que mais rir me fez... Ainda me lembrava vagamente desta descrição...
E como rir dá saúde... casa lindamente como teu post.
Um beijo
 
Este conselho vem mesmo a calhar!
 
ahhhhhhh e a seguir massagem com óleos essenciais, sim, pode ser?
 
O banho por si só já nos faz sentir muito melhor... gostei desta técnica da imaginação, deve fazer milagres... tenho de experimentar! beijinho
 
e porque não?...
talvez para os que não gotam de água...
e que os há , há!...
 
são as chamadas técnicas de visualização criativa, meia lua...
 
Olá
Que bem me fez ler este teu artigo...deixou-me reconfortante.
Essa tua ideia da técnica deve ser realizada durante o banho, embaixo do chuveiro e dura apenas alguns minutos. Usando sua capacidade criativa, imagine-se em uma mata, veja as árvores, ouça os passarinhos, se aqueça com o sol, sinta a brisa suave no seu rosto, visualize as pedras e a vegetação mais baixa, tudo com a maior riqueza de detalhes que conseguir. Dentro desse cenário você irá imaginar um rio, que vem do bosque, passa por uma pequena queda d’água e segue seu curso. Você estará exatamente embaixo da queda, sinta a água do chuveiro caindo em suas costas e imagine que essa água é aquela da pequena cachoeira.
Estou completamente ZEN.
Que bem me fez. Obrigado.
Beijokas.
 
Greentea, és um espanto!
Falar tão à vontade de energias, stress, limpeza energética, ensinar como se livrar das cargas negativas...E associar a um texto do Eça...!Achei muita graça!
Estás mesmo a ver que sei estas coisas, mas falar delas...Foi a minha querida sogra que está no Brasil que me explicou o porquê, o quê e o como...E passei a perceber que somos matéria e espírito e acima de tudo energia. Como tal, precisamos frequentemente de equilibrar essas cargas no nosso corpo e o "banho de cachoeira" imaginado ou o banho de sal fazem milagres.
Beijinhos
 
ainda dizem mal das sogras, girassol...
nem todas ensinam essas coisas, nem mesmo outras, como
.."aquele arroz q a minha mãe fazia" ou aquele bacalhau à não sei das quantas ...

felizmente nunca ouvi desses comments, senão acho q nem o banho na cachoeira me faria efeito,,,,,,
beijinhos para ti
 
AIIIIi...que BOmmmmmmmmmm...estáme a apetecer assim um banho....para descontrair!
Posso deixar um abraço apertado?
*=*=*=*=*=*=*=*BShell*=*=
 
VAMOS MAS É AO BANHO!!!!!!!!!!
SEPUDESSE ERA O QUE IA FAZER .............AGORA!
ABRAÇO TB
 
É por essas e por outras que nunca chego a horas ao trabalho.
Perco-me debaixo de água.
Mas que maravilhoso e refrescante texto.
Um dia destes vou percorrer este blog novamente e tirar estas informações preciosas.
Ah... já tenho o livro dos Tibetanos. Agora é encontrar espaço para o ler.
Bjos
 
Deve ser óptimo este banho!
 
podes ter a certeza...
 
o poder de um banho...É mm assim. Bjs e ;)
 
Adoro água...ou não fosse eu "peixes"...gosto muito dos rituais relacionados com o banho, os cristais, bolinhas de cheiros, etc. Depois...uma boa massagem...humm

A propósito, massagem ayurvédica,"à séria", com 2 massagistas, alguém me sabe informar onde há em Lisboa?

Bjs
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?