terça-feira, março 07, 2006

 

estúpidos... nós?

" Muitos pesquisadores começam a desconfiar que o mundo moderno, cheio de tarefas que deveriam melhorar a comunicação e a produtividade, poderia, em vez disso, estar tornando as pessoas mais dispersivas.Também, cientistas do King's College da Universidade de Londres concluíram que as pessoas que tentam fazer "malabarismos" no trabalho, com telefonemas, e-mails e outras actividades simultâneas, sofreram um perda de QI (quociente de inteligência)!"
(http://www.neurofitness.blogspot.com)



quanto a mim discordo em absoluto. se a meio da vida fomos confrontados com uma imensidão de novas tecnologias que invadiram as nossas casas, os locais de trabalho, as escolas, as repartições, as ruas e às quais nos fomos adaptando tão bem ou tão mal que já não sabemos viver sem elas, tudo isso nos obrigou a um esforço evolutivo, a um saber novo, a um funcionar diferente.
Quem tem vinte anos , nasceu com os computadores, com os emails, os telemóveis, a net. Nós , os da outra geração, faziamos contas à mão, de cabeça, extraíamos raizes quadradas, aprendiamos dactilografia em máquinas obsoletas, consultávamos o dicionário para saber como se dizia em inglês ou chinês esta ou aquela palavra, marcávamos encontro com o namorado por carta s que as mães vasculhavam nas gavetas...
Mas sobrevivemos e estamos aqui, despertos a cada novo som, revigorados em cada manhã, aprendendo é certo com os nossos filhos ou os sobrinhos que nos vão falando do que há de novo,
E subtilmente, a nossa mente vai-se abrindo para novas marés. Os nossos horizontes cada dia são mais vastos.
Estúpidos...nós?

Comments:
Achei curiosa a ideia que tiveste para este teu post. Quanto ao que me disseste...pois, mas as mudanças doem, e ainda bem, ou nao se seriam reais mudanças... é como no final de um treino, se realmente te custou e cansou só aí ele te fez evoluir um pouco mais senão, permaneceste na mesma, nem mais nem menos...
um beijo
 
Amiga. Las diferentes generaciones no hacemos más crecer, unas a costa de las otras. No, no somos estúpidos, somos seres en perpetua y permanente evolución.

El Tajo, el Duero,,,qué más dá. Son ríos hermosos sobre los que discurren nuestros sueños.

Ah, no sé qué me quieres decir con respecto al gato. ¿Puedes explicarme un poquito?. Besos.
 
eu sou. os outros espero que não. um b'dia para ti.
 
Quer parecer-me que tudo encerra, em si, um risco de estupidificação, depende do uso que se lhe dá.
 
questão controversa, esta do Q.I.

inclino-me mais para o António Damásio, vou pelo Q.E.

beijinho

[saúde?]
 
Quando as coisas se tornam um vício, sim acho que capaz de ser estupidez... acaba por se viver num mundo fechado... apesar de aberto a toda a gente...

Eu gosto é das árvores e da cara das pessoas

Um grande abraço e obrigado pela dica da faia
 
De facto, às vezes custa-me mandar um mail inteligente lol
Baci :o)
 
.....eu cá lido bem com alguma da minha estupidez residual, mas como a quero esbater, procuro aprender alguma coisa, nem sempre consigo mas não desito de tentar.....
Beijinho!
 
Concordo contigo quando dizes que os nossos horizontes cada vez são mais vastos e não há dúvida de que as novas tecnologias são as responsáveis por este alargamento. Eu, que sou avessa a todas as novas tecnologias, estou a deixar-me atrair por esta e já me agrada servir-me dela. Veio facilitar-me a vida na redacção de um texto, na pesquisa de um tema, na selecção de um gravura, na comunicação com familiares e amigos. Eu sou "cota" mas não quero dizer que " no meu tempo é que era bom" . Eu também já sou deste tempo.
Um beijo
 
Estou perfeitamente em consonânsia contigo. Quando apareceu o primeiro spectrum, que nada fazia para além duns joguinhos simples que, agora, um puto já deitaria pró lixo, eu "atirei-me" de cabeça e comprei logo um. Hoje, os Gigas já não são suficientes para videos, flashs, programas e jogos que atiram a realidade para um canto...
Coisas dos tempos… que nós vamos acompanhando com a nossa "estupidez natural"… E como o 8 é da mulher, o meu post vai ser prá mulher. Um beijo e uma flor!
 
Tudo o que é em demasia torna-nos estúpidos. Quando nos esquecemos do que nos rodeia porque perdemos ou gastamos demasiado tempo com uma só coisa ( pode ser o computador, o blogue...)ficamos distantes de tudo...O que é novidade, o que é mudança leva algum tempo a ser aceite e assusta mas... Estúpidos nós? Antes pelo contrário! Somos uns resistentes, uns autênticos sobreviventes! Já passaram por nós tantas tempestades, tantas inovações...e não somos dispersos, nem sofremos perdas de QI. Às vezes até seria melhor não termos desenvolvido tanto a memória, que é o que nesta última década menos se fez. Que mais nos irá acontecer?!
 
lembro-me do spectrum...tb tive um logo de seguida...até o levei para Africa comigo. E o 1º PC - foi um espanto!e já permitia fazer tanta coisa... não sou obcecada mas a net permitiu tanta coisa e facilitou tanto os contactos, a comunicação, a divulgação, é uma arma, tal como a canção!
 
o meu chefe não me acha propriamente estúpido...
Hehehehe
 
Acho que a utilização das novas tecnologias, se usadas e "abusadas", isto é, ocupando a maior do nosso tempo de trabalho e depois do nosso tempo de lazer, corre o risco de nos "estupidificar" sim (na minha húmilde opinião de grande utilizadora e "abusadora" das TIC)!
Que tempo nos resta para a leitura profunda, para a tertúlia ( leia-se diálogo com os outros), para a música, para olhar o céu e contar as estrelas, observar os pássaros e ver a erva crescer?
Um beijo
 
Olá Greentea
Adoro chã Verde!

Que a mulher seja MESMO um ser IGUAL ao homem em todo o MUNDO, em tratamento, vencimento, oportunidade, chefia, etc.
Que esta celebração acabe pelos melhores motivos.
Viva a Mulher!
Beijinho muito especial a Todas as Mulheres, especialmente aquelas que mais sofrem pela acção do homem ou pela acção de outras mulheres, que cegas pela "tradição", renunciam à sua condição de igualdade.

Obrigada pela visitinha.
Tens aqui um belo espaço. Parabéns!
Beijinhos,
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?