segunda-feira, março 20, 2006

 

DIA MUNDIAL SEM CARNE - 20 DE MARÇO



Iniciativa lançada nos EUA em 1985 pela FARM (Farm Animal Reform Movement), o Dia Mundial Sem Carne é actualmente uma das maiores campanhas de sensibilização à dieta vegetariana realizada a nível mundial.Neste dia, as pessoas são convidadas a fazer uma alimentação alternativa, à base de vegetais e frutas e sem a ingestão de qualquer tipo de carne ou peixe. Celebra a chegada da Primavera de uma forma diferente!Referências:http://www.meatout.org/ http://www.journee-sans-viande.info/

Chili para o almoço
Faça um refogado leve com azeite, alhos , cebola e um pouco de tomate. Junte duas embalagens de feijão preto ou vermelho previamente cozido , ao qual escorreu a água da cozedura. Tempere a gosto. Deixe ferver para apurar deitando um pouco de água se necessário para não secar ou mais um pouco de calda de tomate.
Demolhe meio pacote de granulado de soja (vende-se em qualquer super ou loja de dietética) , escorra e incorpore no feijão. Deixe apurar , rectifique os temperos , se necessário e sirva com arroz branco.



Molho picante
no copo da trituradora deito azeite, sumo de um limão, um pouco de cebola picada, gindungo fresco qb, coentros ou salsa, sal a gosto. Trituro tudo e deito numa tacinha. Quem aprecia um molho picante mas muito saboroso , põe no prato salpicando por cima do feijão.


POR UM MUNDO MELHOR

Ser vegetariano não é fácil. Mas algumas pessoas decidem aderir à filosofia de vida após lerem algumas das razões abaixo. Vamos a elas.

1- Evitar carne é um dos caminhos para cortar a ingestão de gorduras. A gordura animal aumenta as chances de desenvolver problemas cardíacos câncer

.2- A cada minuto, milhares de animais são assassinados em abatedouros e alguns deles sangram vivos até morrer. Nos EUA, meio milhão de animais são mortos a cada hora.

3- Alguns casos de envenenamento por comida são atribuídos ao consumo de carne.

4- As proteínas, vitaminas ou minerais encontradas na carne também podem ser obtidos através de uma dieta vegetariana. Consulte seu médico.

5- Se comêssemos as plantas que cultivamos ao invés de alimentar animais para corte, o déficit mundial de alimentos desapareceria. Faça as contas: 100 acres de terra produzem carne para 20 pessoas ou grãos para 240 pessoas.

6- Pintos machos podem ser mortos apenas porque não podem botar ovos. Muitos são moídos vivos ou sufocados até a morte.

7- Os animais morrem sozinhos, em pânico, e em meio a grande dor.

8- Metade das florestas tropicais do mundo foi destruída para serem feitos pastos, extinguindo várias outras espécies que viviam nessas matas.

9- Cerca de 400 toneladas de grãos alimentam animais de corte. Estes grãos poderiam ser utilizados para alimentação humana;

10- A carne pode conter hormônios e drogas que foram administrados nos animais.

11- Uma pessoa pode, durante toda a sua vida, consumir 36 porcos, 36 ovelhas e 750 galinhas e perus.

12- A inclusão, à dieta, de frutas frescas, vegetais verdes, ervilhas e produtos integrais pode ser uma fonte alternativa de vitaminas, minerais e fibras.
www.infonet.com.br

Comments:
Só sabia que hoje era o Dia Mundial da Poesia.

Vegetariano gostava de ser mas nunca tive tive coragem.
Talvez um dia( ...mas cada vez faltam menos)
 
ser poeta é ser vegetariano, travessias
ou se quizeres

ser vegetariano é ser poeta.

Tem um bom dia, sem carne!
Com poesia!
 
Ainda bem que já não como carne, há muito tempo, senão hoje dava-me uma coisa má ao ler o teu post! na consciencia pesam-me uns quantos croquetes, mas só quando estou a morrer de fome e não há nada melhor no local de trabalho!
Feliz primavera para ti!
 
'dia e 'jinho, a kurrer,
 
Qualquer dia, converto-me!
Pelo menos, é essa a vontade com que fico sempre que aqui venho...
Beijinhos,
Musa
 
Bom dia!
...gostava tanto de ser capaz! Mas da-me ca uma fome quando como so verduras! nao consigo ao almoco, senao nao consigo trabalhar durante a tarde, mas tenho andado a aumentar consideravelmente as refeicoes vegetarianas a noite.

Ja agora, o I&I mudou-se para www.impressoesintimidades.blogspot.com

Bjico!
 
Gostava de experimentar... e ficar.

Mas não sei se algum dia.

Fizeste-me crescer água na boca !

A propósito !
Vai uma queijadinha de Sintra,ou duas ?
Bji
 
Que boa sugestão!
vou copiar e experimentar!
obrigada!
beijos
dia feliz, neste primeiro dia de Primavera!
 
olhos da noite, quem diz queijadinhas diz tarte de maçã e canela à janela da sapa, a ver as vistas e a poemar, com tempo para uma "bica"... Por aí diz-se bica, não cimbalino à moda do Porto!
 
Ele é a gripe das aves, as vacas loucas, o mercúrio no peixe. Não
faltam notícias que impelem o consumidor para propostas de alimentação
alternativa e saudável. Em Guimarães, começam a surgir algumas. A mais
recente é o restaurante macrobiótico "Porta do Shenmen", um "espaço
multifuncional" com lugar a refeições, cultura e conferências sobre
macrobiótica e saúde. A ideia partiu de Natália Caetano, licenciada em
Relações Internacionais, Marta Ferreira, engenheira florestal, e Jo
Pieck, uma tradutora belga, que se cruzaram no "OneWorld", festival
inglês de macrobiótica. "Gosto da comida e de toda a filosofia de vida,
muito ligada à ecologia", confessa Natália. O facto de Guimarães ser,
ainda, uma cidade tradicional não assusta. "Acho que tem um potencial
muito bom. Conhecia muita gente de Guimarães que se deslocava ao Porto e
a Braga para experimentar comida macrobiótica". Além disso, adianta,
come-se bem sem pagar muito.

Aqui impera a variedade muitos cereais, leguminosas (feijão,
grão-de-bico e lentilhas) e vegetais da época, informa Marta, a
responsável pela cozinha, salientando, também, as sobremesas "sem
açúcar, sem ovos e sem gorduras animais", mas com fruta, geleias de
arroz e de milho para adoçar. "São mais leves e saudáveis, um
complemento para a refeição".

Mais abrangente é a proposta do restaurante "Manjares da Horta", no
centro histórico. "Tem sido uma surpresa bastante agradável,
principalmente se considerarmos que esta é uma zona onde a carne pesa
muito na alimentação", sublinha Pedro Reguengo, o proprietário. Quando,
com a mulher, meteu mãos à obra, "muita gente me dizia para não abrir,
que era um erro. Ao fim de dois anos, posso dizer que a aposta está
ganha", confessa.

"há um restaurante vegetariano para toda a gente. Dos clientes "As
mulheres aderem com mais entusiasmo", 99 por cento não são
vegetarianos", sublinha, lembrando, por exemplo, que o chefe veio da
"cozinha tradicional".

Durante a semana, ao almoço, nota-se um público jovem, ao fim-de-semana
é a vez das famílias. E até as crianças, que costumam fazer caretas a
comida diferente, têm o seu menu.


Fonte: Jornal de Notícias – 15 de Março de 2006




Em http://www.centrovegetariano.org/index.php?destin=restaurants
encontram os contactos e mais informaÃções sobre os restaurantes
referidos na notícia do JN
 
sa.ra, ontem tiinha arroz de favas e creme de leite queimado; houve quem experimentasse ficou óptimo.
bjs
 
Ainda por cima és vegetariana...
 
vêlà tu , gnm............................!
 
Greentea

É sempre um prazer este teu lugar!

Ora são descrições que me encantam, ora são pitéus que me deliciam...

Um dia destes, ainda me surpreenderás com uma receita à base de pétalas de flores... então agora que a Primavera aí está!...

~*Um beijo*~
 
adorava , rosmaninho.
já tenho visto por vezes pétalas de flores comestiveis, provavelmente para usar nas saladas ou decorar travessas.
mas não receitas propriamente.
A revista "Integral" por vezes traz dessas coisas, mas como é espanhola nem todas as palavras traduzo ...
mas fico à espera da receita!
 
Poucas vezes como carne e cada vez gosto menos de a comer. Hoje, pela manhã,na televisão ouvi falar em flores comestíveis. Eu fico-me pelas massas, arroz, vegetais, fruta. Faço pitéus deliciosos.
Um beijo
 
deixo aqui uma infusão de simpatia por um post ecologicamente perfeito...


beijo.
 
óptima ideia para festejar o ínicio da Primavera, a frescura dos legumes o aroma dos temperos a despertar o paladar,pura poesia!
 
Também????
Eu já só como sopa...e algum peixe...! Daí estar mais calma, não comendo carnes vermelhas...!
Agradeço os conselhos, muito bons!
Bjinho
 
Ao tempo que ando para mudar de dieta.
Falta-me coragem(?) e companhia.
O pessoal só gosta de se empanturrar.
Guardo os links
Bjos
 
Bem, eu até te mandava as pérolas. Mas não tens caixa do correio.
Ora bolas.
 
Que blogue apetitoso!
Não sou vegetariana, mas estou lá muito perto e foi depois de começar a praticar yoga que comecei a comer cada vez menos carne.
 
Ja estou nos biológicos, mas por vezes são tão caros!! Agora, vegetariana, é mais complicado. Não gosto de seitans e afins. E o arroz é duro...e o leite sabe a amêndoa (sei q é da soja!)...

Agora esse chili está com uma aspecto delicioso!! E das cores dos pimentos, nem falo.....bjs
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?