quinta-feira, março 09, 2006

 

D. Maria,



uma elegante senhora, com mais de 90 anos, bem vestida e penteada, estava de mudança para uma casa de repouso, pois o marido havia morrido e ela ficara só...
Depois de esperar pacientemente por duas horas na recepção, ela ainda deu um sorriso, quando a recepcionista veio dizer que seu quarto estava pronto. A caminho de sua nova morada, a empregada ia descrevendo o quartinho, inclusive as cortinas de chintz florido que enfeitavam a janela.
- Ah, eu adoro essas cortinas - disse ela, com o entusiasmo de uma garotinha que acabou de ganhar um cachorrinho.
- Mas a senhora ainda nem viu seu quarto... - disse a recepcionista.
- Nem preciso ver - respondeu ela. - Felicidade é algo que você decide por princípio. E eu já decidi que vou adorar! É uma decisão que tomo todo dia quando acordo. Sabe, eu tenho duas escolhas: posso passar o dia inteiro na cama contando as minhas dificuldades... ou posso levantar da cama agradecendo por tudo que tenho de bom. Cada dia é um presente. A velhice é como uma conta bancária: você só retira aquilo que guardou. Portanto, aconselho depositar um monte de alegria e felicidade na sua Conta de Lembranças. E como você vê, eu ainda continuo depositando. Agora, se me permite, gostaria de dar uma receita:

1. Jogue fora todos os números não essenciais para sua sobrevivência. Isso inclui idade, peso e altura. Deixe o médico se preocupar com eles.
2. Dê preferência aos amigos alegres. Evite aqueles que puxam você para baixo.
3. Esteja sempre rodeado daquilo que você gosta: pode ser família, animais, lembranças, música, plantas, um hobby, o que for.
4. Continue aprendendo. Aprenda mais sobre computador, artesanato, jardinagem, qualquer coisa. Não deixe seu cérebro desocupado. Uma mente sem uso é a oficina do diabo, e um dos nomes dele é Alzheimer.
5. Curta coisas simples.
6. Ria sempre, muito e alto.
7. Lágrimas acontecem. Agüente firme, sofra, mas siga em frente. A única pessoa que acompanha você a vida toda é VOCÊ mesmo.
8. Esteja bem vivo, enquanto você viver.
9. Não faça viagens de remorsos. Viaje para o shopping, para uma cidade bonita, para uma praia, ou para um país estrangeiro, mas não faça viagens ao passado.
10. Diga a quem você ama, que você realmente a ama, em todas as oportunidades.
E LEMBRE SEMPRE QUE: A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou, mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego... de tanto rir... de surpresa... de êxtase... de felicidade!

(Desconheço o autor)

Comments:
o br i g a d o ....

um post à Greennnnnnnnn.


(e gosto que gostes da Porumfio)

bjo.....sereno. hoje.
 
Que lindo!!!!!
que palavras tão sábias!
beijinhos
um dia muito feliz!
 
D. Maria!...

"A Felicidade é algo que se decide. Só há duas escolhas, sem dúvida! Ficar na cama ou levantar da cama..."

Todos os dias, é com gosto que saio da cama e procuro seguir a receita de D. Maria.
Principalmente, procuro estar bem viva, rio bem alto e digo amo-te a quem muito amo, ao filhote é a todo o momento...

A D. Maria é uma sábia.
~*Um beijo*~
 
Muito bem, Greentea, esse é o caminho a seguir para se ter uma vida melhor, sem Alzheimer....
Mexer o cérebro, viver alegre, fazer planos, rir, amar perdidamente....
Bjinho
 
Que bom linda... Já decidi que é ASSIM MESMO que eu quero envelhecer...!
 
Hola amiga. Me ha encantado tu narración, con tanta delicadeza y tan prolífica en detalles.

Ojalá llegáramos a se una ancianita de esas, venerable y delicada, tal y como tú la pintas.

Las fotografías son fantásticas. Un beso.
 
Parabéns pela hostória da dona MARIA, acho um encanto. Se todos decidissemos gostar e aceitar, tudo o que a vida tem para nos oferecer,a vida seria um arco-íris de cores infinitas.Linda!
 
Metade, só queria fazer metade.
Bjos
 
Um post que me emocionou.
Depois explico aquilo do voluntariado. Julgo que foste tu que falaste.
Conheço bem esse tema, sendo necessario um estado psicologico forte, para o poder fazer...no seviço organizado hà entrevistas de seleção.
Estive no ipo, e quiz experimentar as crinças, e fui corrida, é muito duro.
Depois fui para os lares do estado, de idosos e na maior parte das vezes, me confundiam com as filhas de cada um. às vezes dizia que sim. Quando chegava ao carro vinha a chorar até a casa.
Tem que se ter um estado emocional forte, para não deixar transparecer pena, ou piedade, de modo nenhum estou em condiçõs, entendes?
Talvez mais adiante se conseguir fortalecer a parte emocional :(((
Um grande abraço
 
Saber viver é levar um sorriso a quem amamos... a quem precisa...
É coleccionar recordações, retirar-lhe o sumo e bebe-lo mas não viver nelas nem delas...
Chorar é bom para os olhos é como a chuva para as plantas... é aquilo que nos prende mas o sol também é importante...é aquilo que aspiramos...é aquilo porque vivemos...

Abraços e boas contas de felicidade
com muitos juros
 
e continuar a jogar à macaca como eu dizia no dia 23 de janeiro deste ano. e rir bem alto
e amar todos e cada um
e ...
comer cerejas
doces
vermelhas
maduras com o Maio
e jogar fora os caroços
cada dia mais alto!
 
Ou seja,
O autor é conhecido tu é que não sabes quem é :o)
Bom fim de semana :o)
Baci :o)
 
Hola mi amiga. Bom dia. Es verdad, todo se renueva, -hago referencia a tus palabras en mi blog- pero a veces nos resistimos a que ciertas cosas pasen página para siempre.

Un beso.
 
Bom dia Greentea!
Está um dia lindo!
(já me tinham dito que as andorinhas tinham chegado... só as vi ontem - que alegria!)
um dia muito feliz!
beijos!
 
Gostei muito! Faço os possíveis por este trilho...
 
Passar por aqui é um prazer. Ler o que escreves, gostas muito de escrever,constato, é um bálsamo para a vida. Comoves-me mas eu comporto-me assim quando encontro pessoas que nos " puxam para cima". Tu és um "anti-depressivo" amiga, permite-me que te trate assim.Vou sair daqui , depois de reler estes dois últimos posts , bastante satisfeita.
Serei visita assídua deste canto.
Um beijo
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?