quinta-feira, fevereiro 09, 2006

 

Museu do Brinquedo ou a Magia do Brinquedo



















Os brinquedo são mágicos, em Sintra ,no Museu do Brinquedo ou em qualquer outro local.

Mas muitas crianças , por esse mundo fora não têm brinquedos, apenas a sua extraordinária criatividade lhes permite construir, tornear, imaginar, como os carrinhos de lata e arame que os meninos africanos tão bem constroem"desfiando" as embalagens da cerveja , coca-cola ou seven-up que eles não beberam.

Há um ano atrás a Inês morreu com leucemia. Era linda , tinha 13 anos e muitos brinquedos com que não chegou a brincar e cá deixou.

No Hospital D. Estefania, em Lisboa ou no IPO e em muitos outros locais, há crianças que não têm brinquedos, que estão doentes e não têm visitas porque a familia não vai lá... Os nossos filhos, os nossos sobrinhos e afilhados têm decerto brinquedos a mais , livros, jogos, videos, Dvd's que podem oferecer para estas Instituições e fazer a diferença.

E nós... porque não ir buscar no próximo fim de semana uma destas crianças e levá-la até ao Museu do Brinquedo?



Os brinquedos presentes no Museu do Brinquedo fazem parte de uma recolha feita ao longo de mais de 50 anos pelo coleccionador João Arbués Moreira.A colecção começou a ser constituída quando tinha apenas 14 anos com os brinquedos que lhe iam sendo oferecidos e outros pertença de pais e avós.Com a idade o poder de escolha e de compra aumentou, ao mesmo tempo que crescia a vontade de saber mais acerca das peças que ia encontrando, o seu fabrico, a sua origem, a sua história.Assim, nasceu a pesquisa e aquisição de peças mais antigas e o interesse pela História da Humanidade, que os brinquedos tão bem documentam. Com o passar do tempo, a colecção foi aumentando e tinha já mais de 20.000 brinquedos diferentes.Havia, então, que preservar e expor este património, permitindo ao público tomar contacto com a maior colecção do género em todo o país.
Em 1987 foi criada a Fundação Arbués Moreira, à qual foi legada toda a colecção. Dois anos mais tarde, a realização de um acordo com a Câmara Municipal de Sintra para cedência de um espaço permitiu q ue fosse criado o Museu do Brinquedo de Sintra.A colecção continuou sempre a crescer e o espaço tornou-se exíguo para as peças entretanto adquiridas e doadas. Era indispensável a criação de um novo local de exposição que permitisse albergar toda a colecção e enriquecer a comunicação entre o público visitante e o Museu.Este novo espaço, também cedido pela autarquia no antigo Quartel dos Bombeiros de Sintra, inclui instalações apropriadas para o visionamento de vídeos temáticos, espaço lúdico multimédia, uma sala destinada à montagem de exposições temporárias e uma oficina de restauro.Até 8 de Junho está patente no Museu do Brinquedo uma exposição de soldados de chumbo intitulada "Em Guarda!". Nela podem ver-se cerca de 3.000 peças do fabricante inglês William Britain, fabricadas entre 1930 e a actualidade.
William Britain produz sonhos de glória e figurinos de chumbo desde 1893. Mostrando ao mundo os uniformes de um exército e serviços que pertenceram ao período áureo da expansão "Pax Britannica", Britain criou um conjunto de produções mais vasto e coerente, que se estende por um lapso de tempo de mais de 100 anos.


Museu do Brinquedo Rua Visconde de Monserrate, n.º 282710-591 SintraTel. 21 924 21 71


Comments:
.
There is a time for everything,
a season for every activity
under heaven. A time to be
born and a time to die. A
time to plant and a time to
harvest. A time to kill and
a time to heal. A time to
tear down and a time to
rebuild. A time to cry and
a time to laugh. A time to
grieve and a time to dance.
A time to scatter stones
and a time to gather stones.
A time to embrace and a
time to turn away. A time to
search and a time to lose.
A time to keep and a time to
throw away. A time to tear
and a time to mend. A time
to be quiet and a time to
speak up. A time to love
and a time to hate. A time
for war and a time for peace.

May this be
your time to laugh,
embrace & receive
personal peace,
Dr. Howdy

 
Beautiful your message from USA! I'm surprised but peaceful - it's time to love, to dance, to search, to be alive, to rebuild, a time to plant and , of course, if it's possible, a time to laugh.
It's also time to embrasse you for your post. Have a nice day!
 
Este museu é lindíssimo! A começar pelo edifício. Encontrei lá vários brinquedos iguais aos meus que me trouxeram à memória a minha meninice.
 
esse é um belo pensamento! pk não fazer um menino feliz!?! =)
Eu tb sou d sintra...a nossa terra é linda não é?!
;)
bjinhus
 
O comentário do "'thought & humor' by howdy" é extraordinariamente bonito e eu costumo repeti-lo também, em diversas ocasiões, porque afirma aquilo que temos reter nas nossas consciências. Na verdade, nesta vida, há um tempo para tudo!
Com os teus últimos posts, demonstras que tens um tempo para apreciares e gozares as belezas da tua terra.
Ao mesmo tempo partilhas connosco as maravilhas que tens perto de ti!...
 
Nada como uma boa sugestão. E o fim de semana mesmo aí à porta.
 
Sim, já nos encontrámos um dia destes...
O teu blog é de fôlego! Há aqui muito trabalho e muitas fotografias bonitas.
Sintra é linda (é dos sítio mais bonitos do mundo) é um sítio que revisito com frequência para passear a pé. Curiosamente, eu própria nunca o fotografei. Hei-de ir aí na Primavera para tirar fotografias. Gostas das minhas fotografias? Como já percebi que também gostas destas coisas, convido-te a visitar-me no Flickr (é um blog só de fotografia) e depois se gostares também podes ficar por lá (Sintra é óptima para mostrares ao mundo inteiro). Aqui vai o link...http://www.flickr.com/photos/scarlet-poppy/
 
Ah! E troquei a fotografia do post que comentaste. Desculpa, mas não estava muito feliz com a anterior.
 
É verdade, já ví crianças brincarem com o que têm. Na sua imaginação, qualquer pedra, pedaço de madeira ganha vida. Contentam-se com pouco e aquilo torna-se muito... Hoje as crianças à minha volta têm tudo e por isso mesmo não dão valor a nada... São fruto da vida consumista e vazia que levamos. No nosso tempo não havia nada disso e éramos felizes à mesma...
beijinho :*
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?